quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Thor: Ragnarok

O filme Thor: Ragnarok está a caminho de ser mais um tremendo sucesso da Marvel, mas por aqui não foi exatamente aquilo que se esperava. Desenganem-se se acham que não gostámos do filme. Foi uma dose de entretenimento como já há algum tempo não víamos, mas se há coisa que não percebemos é o motivo para a Marvel Studios tentar aqui a mesma fórmula de Guardians of the Galaxy. Todos sabemos que os heróis pouco convencionais têm um filme à sua medida, mas Thor não é Star Lord. Apesar de termos adorado, pelo menos eu saí do filme com uma sensação de: Mas que raio acabou de acontecer?


Foi mesmo ao longo das duas horas de filme que senti isso mesmo. Aquela sensação de não ser o filme certo que estava a visionar. Em certas partes tudo parecia bater certo e depois tudo entrava em piadas e mais piadas. É difícil lembrar de um momento mais sério do filme onde não houvesse pelo menos uma piada. Por muito que isso nos tenha feito rir ao longo do filme, ficamos sempre com a sensação de não ser bem aquilo que se esperava.


Apesar de tudo isto, este filme vem introduzir algumas informações bem importantes à história do Universo Cinematográfico da Marvel. Mais que isso, podemos dizer que temos aqui uma verdadeira e final introdução ao próximo filme d'Os Vingadores. Em Guerras Infinitas vamos encontrar Thanos em busca das pedras do infinito e por isso irá haver um encontro com os vários heróis que contém uma das pedras. Foi por isso natural "ver" o vilão dos vilões no final deste filme. Já agora: Malta, é um filme da Marvel! Fiquem até ao final dos créditos! Por mais pequena que seja a cena, vale sempre a pena.

Um dos pontos mais positivos, na minha perspetiva, foi a boa e interessante junção de dois comics bem distintos. Além da história de Ragnarok entra também Planet Hulk à mistura. De forma a criar um filme Hulk sem o criar verdadeiramente, a Marvel Studios aproveitou a história de Thor para incluir vários elementos do monstro verde. E até que ficou bem, apesar das várias mudanças que fizeram para que tudo batesse mais certo. Acho que a Marvel tem feito um trabalho muito bom no que toca a aproveitar as licenças que tem disponíveis para criar todo este universo.

Thor: Ragnarok é um filme muito bom, que com toda a certeza vai ter imenso sucesso. Tem alguns problemas, que nem são bem problemas. O filme exagera no humor e chega a um ponto que já não reconhecemos o personagem Thor, como sendo ele. Saímos com um misto de sensações. Se por um lado temos um filme muito divertido, por outro temos um exagero em diversas personagens. Para mim, o personagem estranhamente mais divertido é mesmo o Korg.

Nota: 7.5/10
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

  • 2Blogger
  • Facebook

2 Comentários

  1. Estou super curiosa com o filme, o meu namorado já falou em vermos!!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/11/zaful-review-blouse-earrings-dress.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É divertido, por isso de certeza que vão passar um bom bocado :D Aproveitem ^^

      Eliminar