A Saga Twilight: Amanhecer Parte 2

A saga que mais gerou controvérsia nos últimos anos chega ao fim. A Saga Twilight: Amanhecer Parte 2 é o último capítulo da adaptação dos best sellers de Stephanie Meyer. Este filme comprova-me uma simples e única coisa: A saga poderia ter sido estrondosa em várias formas e ter sido acarinhada por muito mais que o seu publico alvo primário. O que Bill Condon faz com esta segunda parte mostra bem o que esta saga poderia ter sido, infelizmente veio tarde.


Depois de dois primeiros filmes algo insossos para o gosto comum chegou Eclipse que conseguiu demonstrar algo mais e depois chega Amanhecer que na primeira parte mantém-se muito pelo que já nos tinham habituado. Seguindo desta segunda parte que acaba por conseguir dar alguma dignidade à serie e pelo menos conseguir-lhe um fim não tão negativo.



Eu divido este filme em três secções. Uma primeira parte que dá continuidade aos acontecimentos da Parte 1 e daqui não há nada a declarar a não ser que se viu mais do mesmo, com ligeiros melhoramentos. Uma segunda parte onde eu digo, agora sim é a sério. A história (que se distancia dos livros aqui) consegue alcançar um ponto de elevada intensidade. Transporta-nos para momentos de emoção extrema e muito, muito bem trabalhados. Posso dizer que apesar de ter passado todo o filme encostado, nesta parte central do filme vivi-o e consegui absorver todo aquele momento fantástico. Por fim a terceira e última parte, retorna ao morno de que toda a saga nos habituou, para assim dar o fim igual ao livro.

Temos muitas personagens novas que vêm dar mais vida a toda o filme e é uma pena que não tenham sido mais bem trabalhadas. E este trabalho podia ter sido feito se ao invés de se agarrarem tanto ao trio amoroso durante os quatro filmes, expandissem os horizontes a outras áreas, tornando-se mais independentes do livro, tal como foi a sequência que falei acima. Uma coisa muito positiva é sem dúvida a prestação de Kristen Stewart, que agora sim. Depois de transformada mostrou o seu verdadeiro potencial e constrói uma personagem muito mais interessante que a forma humana de Bella Swan. Mas destaque completo é de Michael Sheen que mais uma vez surge como Aro, chefe dos Volturi, e consegue novamente trazer esta louca personagem de forma esplêndida. É uma pena a falta de tempo usado nesta personagem.

A Saga Twilight: Amanhecer Parte 2 é um filme a ver pelos fãs e não só, pois apesar de tudo, ao fim de 5 filmes conseguiram perceber um pouco que desligar-se em certo modo dos livros seria o melhor caminho e eu comprovo isso, pois não sou um amante desta saga, mas sem dúvida que certas sequências do filme me deixaram agarrados e me mostraram que afinal esta saga tinha muito mais potencial do que aquele mostrado ao mundo. Foi uma pena, mas foi a direção tomada, agora está terminado.

6
A Saga Twilight: Amanhecer Parte 2
Satisfatório
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

1 comentário:

  1. Muito melhor que a parte 1, Amanhecer - parte 2 traz o final desejado pelos fãs do filme e também dos livros.

    Apesar de fugir um pouco ao livro, resulta em algo positivo pois traz mais emoção e ação, visto que esta última característica não aparece no livro. Foram 4 anos de uma Saga que abalou o mundo do cinema e especialmente das bilheteiras.

    Kristen mostra-nos finalmente neste filme do que realmente é capaz! Já estava na altura!

    Encerrou-se assim uma das Sagas mais faladas e que revolucionou, de alguma forma, a forma como o mundo via os vampiros e o mundo sobrenatural.

    ResponderEliminar