O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos

Bem e não é que chegamos ao fim de mais uma épica trilogia na Terra Média. Isto passou a correr, três anos do nada surgiram e mais uma trilogia de Peter Jackson neste fantástico mundo terminou. Sinceramente não acredito que voltemos tão cedo, ou mesmo se voltaremos a este universo, mas certo é que adoraria ver um passado mais remoto em filme. Porque não vermos a época da criação do anel ou mesmo a grande batalha onde Sauron caiu. Daqui a 10 anos quem sabe!


Algo excelente em relação a esta trilogia é que manteve o aspecto da sua sequela, que foi já lançada à 10 anos atrás e isso leva a que independente do nosso querer podemos ver os filmes em qualquer ordem que cai sempre bem.



Sem dúvida e neste filme surge essa prova, que Hobbit não é um livro com grandes momentos de ação - o livro foi escrito para crianças não é? - e por isso houve a necessidade de acrescentar algo mais incrível aos filmes para os fazer durar mais tempo e claro para tornar tudo mais relacionado com a trilogia do Senhor dos Anéis.

Este terceiro e último capítulo, o que tiro logo de caminho é que não o achei assim tão épico como se previa. O grande final épico, tanto publicitado acabou por deixar com água na boca para mais. Isso até pode ser bom, quando sabemos que irá haver mais, mas assim ficamos naquela sensação que algo está incompleto, mas não é por isso que deixa de ser um magnifico filme.

O facto de se terem focado em batalhas, quase que tornou o enredo algo de quarto ou quinto plano e torna-se um grande filme onde o que mais se destaca e fica na cabeça foram os épicos combates. Os exageros nesses mesmos combates foram outro ponto que fiquei algo desanimado. No Senhor dos Anéis também acontecia por vezes, mas talvez por surgir de forma tão natural, parece que passava melhor, já aqui desde o primeiro Hobbit que há certos momentos que eu fico, - hmm está bom - mas é assim que Jackson imagina a coisa e é assim que está e como foi assim desde o primeiro, aceita-se.

Sem dúvida que este filme foi o elo de ligação forte que falta ao livro, para a outra trilogia e isso é um ponto completamente positivo do filme. Perde-se algo no enredo da própria trilogia, para dar lugar ao enredo já do Senhor dos Anéis. Será óptimo para quem ainda não assistiu à trilogia do anel, que agora pode concluir esta fantástica saga.

É realmente uma pena que tenha terminado por aqui e que as coisas não estejam propriamente famosas para mais filmes na Terra Média, mas é certo que talvez as coisas mudem e talvez possamos ter um regresso. Era excelente que fossem mais longe que os próprios livros representam e quem sabe mostrar mais da história que só está descrito de forma breve nos livros. É uma ideia que podia correr tão bem, vamos lá Warner!

8
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário