007 Spectre

Bem, que me atrasei um pouco nesta crítica e mais depressa voltei ao cinema que escrevi sobre Spectre, o novo filme do maior agente secreto de Inglaterra e arredores. James Bond está de volta para mais uma luta desenfreada contra o crime, sempre repleto de muito mistério e claro as sensuais bondsgirls. Desde que Daniel Craig entrou no papel que a história tem seguido um rumo, quase como um recomeço para tudo e tem vindo a funcionar. Aqui vamos mais longe colocando sequências que fazem lembrar os antigos filmes e um estilo mais tradicional da saga.


Ao que já li/ouvi por aí nem todos ficaram agradados com as mudanças artísticas, mas a mim agradou-me. Achei muito interessante em todos os aspectos e principalmente que Craig é um excelente Bond. Será uma pena se realmente se confirmar que este é o último filme dele, mas com as várias mudanças de papel que ouve ao longo de mais de 20 filmes, tenho certeza que virá sempre uma boa escolha.



Não é só sobre Craig que cai o meu destaque. A lindíssima Léa Seydoux traz um ar jovem ao filme enquanto Mônica Belluci traz uma sensualidade mais modesta, mas muito apelativa. Como se compondo uma a outra trazem a conta certa de romantismo ao filme, ficando apenas pouco interessante a tentativa amorosa entre Bond e a personagem de Seydoux. Algo nada necessário.

Depois ainda temos Christoph Waltz, que tenho vindo a ser cada vez mais fã. Desde a sua entrada em filmes de Tarantino que tenho dado destaque aos filmes em que participa e é impressionante os excelentes papéis que consegue transmitir ao público. A forma como trabalha e representa são algo único e aqui traz um vilão bem interessante e só tive pena de não ser mais épico no final, pois com um desenvolvimento tão fantástico acabou de forma meio estranha. Mas fantástico no seu todo!

A mudança neste filme poderá não agradar a todos, mas sem dúvida que traz os seus pontos positivos ao andamento que a saga está a levar. Temos de perceber que estes filmes de Craig foram praticamente um reboot mostrando o início do Agente. Aqui mostra-se um vilão que esteve por traz de toda a dor de James. É um bom passo de transição, mostrando daqui em diante o agente que sempre conhecemos.

007 Spectre é sem dúvida um filme a ver e vale bem a pena. Um excelente filme da saga, mas com algumas mudanças que podem desagradar os fãs desta série Craig. Apesar disso nota positiva para este avanço agora que Bond já se encontra a trabalhar com a sua clássica equipa. Espero ver Craig em pelo menos mais uma sequência, apesar de ser bem difícil. Veremos!

8
007 Spectre
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário