A Ponte dos Espiões

Este, posso dizer que foi a minha grande surpresa do ano. Ponte de Espiões era um filme que não tinha, inicialmente intenção de ver no cinema, mas acabou por surgir essa oportunidade. E não foi filme que me tenha arrependido de ir ver. Um lado diferente do pós segunda guerra que mostra uma interessante e diferente história.


Antes de tudo, Tom Hanks que faz aqui um papel muito interessante e constrói perfeitamente a sua personagem. Depois do visionamento do filme é difícil reconhecer este papel a outro ator, pois ficou perfeito assim. Não digo de todo que não haja outros nomes capazes de fazer um papel destes, mas encaixou bem e gostei assim.



A história, inspirada em acontecimentos reais, tornasse automaticamente interessante e tem tudo para dar certo, pois mesmo sendo uma obra de ficção vai buscar aspectos incríveis da história! A construção do muro de Berlim e a divisão da cidade são algo incrível e de cortar a respiração.

Não é de modo algum o grande filme de 2015 ou mesmo o melhor de Tom Hanks, mas sem dúvida que é um excelente filme e entra perfeito no portfólio deste senhor. Por outro lado Steven Spielberg, que já desde 2012, com Licoln, que não se sentava na cadeira de realizador, mostra aqui um grande retorno a este posto. Quem sabe nunca esquece e Ponte de Espiões é para mim um dos filmes deste senhor. Que venham mais assim.

É sem dúvida um filme a experimentar e dar uma oportunidade, pois pode surpreender. Não é um filme para todo o público ou algo carregado de ação, mas conta com uma história bem contada e com um elenco de personagens bem interessantes. Uma concelho para quem gosta de Spielberg e Hanks é para aproveitarem está obra porque está sem dúvida no top deste ano, mesmo com a quantidade absurda de grandes filmes que estrearam neste ano.

9
A Ponte dos Espiões
Incrível
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário