Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça

Mas que filme. O arranque oficial do universo DC já se deu e de forma bombástica. Por algum motivo a crítica decidiu destruir este filme, mas os fãs continuam a dar muito dinheiro nas bilheteiras dos cinemas internacionais. Já se tornou o filme mais rentável e enquanto convenceu metade do público a outra metade não ficou satisfeita. Por aqui fiquei satisfeito, mas reconheço os erros que surgiram.


Senão vejamos e começando já com os problemas que achei mais relevantes. História. Bem este é um ponto fulcral que falha em vários aspetos neste filme. Desde as motivações de Luthor até à luta entre Batman e Superman. Está muita coisa por explicar e ao contrário do que a Marvel criou, aqui temos um filme inicial que acredito ter futuras explicações para tudo.


Torna-se várias vezes confuso saber e reconhecer se estamos no tempo do filme, ou num sonho ou numa visão. Isto acaba por baralhar muito o que torna a primeira metade do filme demasiado confusa para quem não conhece minimamente os comics. Na verdade, para quem conhece o universo DC dos comics, será muito mais fácil aproveitar e apreciar o filme. Com vários pontos onde símbolos surgem que só quem conhece é que vai entender, pois no filme não há nenhuma explicação.

As motivações e o próprio personagem Luthor é talvez aquilo que mais estranho acho. Está demasiado crazy e surge do nada com demasiados problemas com alguém que nunca teve um encontro (Superman). Fica estranho e fica também a faltar uma backstory que apresente factos para o que está acontecer nesta história.

Bem, mas não é só de coisas más que este filme é feito. Tem os seus pontos positivos e é com esses que espero ver mais e melhores filmes DC. Os efeitos estão fantásticos e as lutas estão explosivas, dizendo no mínimo. Achei muito interessante como tudo se desenrola, mas acho que o Doomsday talvez fosse um passo a mais para este filme. Acho que com uma melhor história conseguia-se um excelente filme só usando a batalha de Batman v Superman.

Mas o grande, o enorme fator positivo é mesmo Ben Affleck como Batman. Wow que fantástico que está. Seria difícil acreditar, quando este ator foi escolhido para o papel de Bruce Wayne, que seria algo tão bom. A verdade é que na sua primeira tentativa como super-herói em Daredevil, este não se saiu tão bem como isso, mas tivemos a prova ainda à pouco com Ryan Reynolds que se pode dar a volta por cima e Affleck realmente consegue, agradando a toda a gente. Está um Wayne simplesmente brilhante e um Batman com tudo o que de melhor se pode esperar.

Este é um filme que vale mesmo muito a pena. Tem os seus pontos negativos, mas também pontos bastante positivos que sem dúvida merecem a atenção. Esqueçam a trilogia Nolan, por momentos, e vejam este novo Batman com novas ideias e pensamentos. Brilhante Batman e muito boas sequências de combate e efeitos. Falta demasiadas explicações, mas com os novos filmes que estão ai à porta, com certeza muita coisa será explicada. Agora aguardo ansioso pelo Suicide Squad.

7
Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário