Star Trek: Além do Universo

Aqui está mais um Star Trek. Tenho de admitir que nunca fui muito fã de Star Trek. Vi os primeiros filmes e não foi um tipo de filme que me tenha agradado, apesar de entender o porque de ter tantos fãs em volta desta franquia. Mas quando J.J. Abrams pegou na franquia e lhe deu um reboot merecido para os tempos atuais, aí sim, aí fiquei fã.


Enquanto os dois primeiros filmes tiveram sobre a alçada de Abrams, este novo vai ao encontro de Justin Lin, o realizador de vários Velocidade Furiosa. Apesar disso Abrams continua como produtor da franquia e mesmo com a sua mudança para Star Wars continua a apoiar a sua "criação". Algo que me agradou bastante neste novo filme foi Lin ter colocado o seu próprio estilo e não ter tentado imitar o anterior realizador.


Técnicas bem diferentes levam a um filme bem diferente no que toca à realização. Não ficou mau, a nova mudança e acho que apenas criou momentos mais icónicos da franquia. Algo que Abrams fez foi colocar a franquia com um pouco mais de ritmo e neste novo títulos apesar de continuar esse trabalho, Justin Lin levou o filme para uma continuidade mais calma, como sempre foram conhecidos os Star Trek, pois temos de nos lembrar que a U.S.S. Enterprise é uma nave de exploração e não de guerra.

Algo que também gostei bastante foi a homenagem feita a Leonard Nimoy. Ator conhecido pelo papel de Spok na antiga série e filmes. Alguém que ficou tão icónico na série levando mesmo J.J. Abrams a recuperar a personagem nos novos filmes, levando a uma ligação muito bem construída com os antigos filmes. E é com isso que Justin Lin faz uma homenagem incrível ao ator.

Ainda de destacar um momento incrível onde Lin dá o ar das suas graças e temos uma cena digna de Velocidade Furiosa, mas calma não é algo mau, aliás é uma cena que gostei bastante de apreciar. Um momento com música ruidosa à mistura e U.S.S. Franklyn a fazer quase que piões no espaço. Momento muito bem construído com Spok e Bones a criarem um dos momentos mais cómicos do filme.

Em suma este Star Trek trás uma realização muito diferente. Um estilo mais tradicional, mas que consegue manter os efeitos e normas criados por Abrams para estes novos filmes da franquia. Mais humor é um sinal também forte neste novo filme. Vale a pena, pelo menos para mim foi uma boa dose de entretenimento.

8
Star Trek: Além do Universo
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário