Inferno

Inferno é o terceiro título desta franquia de adaptações aos livros do autor Dan Brown e leva-nos novamente às aventuras de Robert Langdon, interpretado novamente por Tom Hanks. Um filme segue a linha dos anteriores e mantem a história igualmente ligada, como seria de esperar. O realizador também se mantém, Ron Howard também conhecido por No Coração do Mar e Rush. Além de tudo o que está igual chegou ao elenco a belíssima Felicity Jones, para interpretar o papel de Sienna Brooks.


Então, depois desta introdução e para quem já conhece o livro pode-se aperceber que os personagens estão lá, pelo menos aqueles dois vá, mas desenganem-se se acham que as semelhanças vão continuar com o livro. Este é um filme que foge completamente àquilo que o livro apresenta, bem de certa maneira. As sequências estão cá todas, de uma forma ou de outra, mas com uma ordem completamente diferente e com os personagens a terem na generalidade um comportamento bem diferente. E isso pode levar os fãs do livro a saírem desiludidos, por isso fica já aqui um aviso que se gostam bastante do livro e querem ver este filme, abram as vossas mentes e pensem nisto como uma sequela de Anjos & Demónios e não como uma adaptação.


Agora que esclarecemos esse ponto bastante importante, tenho que dizer que este é um filme que não passa muito do razoável. De certa forma é um filme que se mantém em relação à qualidade dos seus dois antecessores. Apesar de achar o segundo filme algo superior ao primeiro, penso que todos os três têm um nível bem idêntico de qualidade. Algo que ficou incrivelmente bem feito foi as sequências das visões. Efeitos muito bem feitos e bem interessantes no que toca à realização e edição. Gostei bastante destes momentos.

A Sienna Brooks não podia ter melhor atriz para a dirigir no grande ecrã. Apesar das grandes diferenças com a personagem do livro, Felicity Jones (Estrela do próximo Rogue One: A Star Wars Story) conseguiu encarnar a personagem de forma muito interessante. Além desta temos também Sidse Babett Knudsen que é ganhou agora mais nome com Westworld à mistura, que nos leva a personagem Elizabeth Sinskey à adaptação e apesar dos poucos minutos na tela oferece um elemento bem importante a toda a atual trilogia.

Em suma temos nada mais que um filme razoável que poderá agradar quem gostou dos anteriores filmes. Acho apenas que falta algum misticismo a este filme, parece que aqui toda aquela parte da busca e dos enigmas passa demasiado ao lado. Pode apenas parecer-me, mas foi o que achei. Podem contar com uma qualidade idêntica aos dois primeiros filmes e talvez não seja o filme que todos queiram ver no cinema e posso dizer que não é um obrigatório, apesar dos cenários incríveis onde foi filmado. Fiquei maravilhado com esse ponto e claro também com os efeitos do "Inferno".

6
Inferno
Satisfatório
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário