Kong: Ilha da Caveira

Bem, finalmente chegou Kong. Este filme encaixa no universo do filme Godzilla que tivemos há uns anos. Com estes dois filmes seguimos agora para um novo universo cinematográfico. E isto é o mais importante deste filme, introduzir Kong ao universo que foi introduzido em Godzilla.


Ao longo do filme pode-se observar vários pontos de ligação e que com toda a certeza vão deixar bastante intrigados aqueles que deixaram escapar o último filme Godzilla. O filme é uma aventura bem interessante com conteúdo muito bom. Uma história que me agradou bastante e com um elenco bem interessante.


A verdade é que Kong conseguiu agradar-me ainda mais que Godzilla. Parece que desta vez conseguiram acertar bem na dose de exibição de cada elemento. Se houve algo que menos me agradou no filme anterior foi o quão pouco Godzilla surge no ecrã. Aqui acho que foi tudo colocado de forma muito equilibrada e temos o bom tempo de exibição para cada parte. Talvez também devido a um elenco mais poderoso.

O elenco está qualquer coisa de interessante. Mas tenho de dar destaque ao papel de Samuel L. Jackson. Que olhar foi aquele para Kong? Só me deu vontade de rir toda aquela luta de olhares entre o personagem de Jackson e o rei Kong, mas não foi rir de gozo ou coisa do género, foi um rir de fantástico, foi um momento wow.

Todo o resto do elenco está igualmente bem desenvolvido com uma história que tem todos os elementos base conhecidos das maiores histórias de King Kong, mas aqui contado à sua maneira e também tendo em conta todas as referências a outros monstros, inserindo assim de forma subtil, mas bem desenvolvida, este filme no mundo de Godzilla.

É um filme que realmente vale a pena e não se esqueçam, para quem ainda não viu, fiquem até ao final dos créditos. Para os fãs do universo Godzilla vai valer muito a pena. Acho que a palavra chave desta opinião é mesmo Godzilla, pois é incrível a quantidade de referências que faço, certo certo é que o filme encaixa perfeitamente nessas referências, por isso têm de ser feitas. Aconselho vivamente!

Ah e a pergunta essencial neste filme é: De onde saíram tantos helicópteros?

8
Kong: Ilha da Caveira
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário