Guardiões da Galáxia Vol. 2

Depois do enorme sucesso que o primeiro filme foi era esperado que viéssemos a ter um segundo volume, mas algo seria certo - Era impossível surpreender da forma como o primeiro surpreendeu. Uma equipa de heróis praticamente desconhecida torna-se num filme grandioso, único e muito divertido. Este segundo filme, era algo que por um lado não esperava muitas surpresas, mas por outro talvez fosse a surpresa que poucos esperavam.


Bem, uma coisa é certa, o filme acabou por ser uma agradável surpresa. Conseguiu fazer aquilo que o seu antecessor também conseguira. Ser divertido o suficiente, com momentos hilariantes e momentos séries que contrastam impecavelmente. É um excelente filme com o melhor que as personagens já nos apresentaram e acrescentando um pouco mais a cada uma.


Mas por muito divertido e interessante que este segundo volume seja, faltou ali alguma coisa para ser o filme perfeito. Sabem aquele momento em que estão a passar um excelente serão, com um excelente filme, mas parece que falta ali alguma coisa para ficar perfeito? Neste Guardiões da Galáxia Vol. 2 acontece exatamente isso.

Os personagens estão cada vez mais icónicos. O destaque acaba por ficar bem centrado em Drax, personagem que Dave Bautista interpreta, sendo mesmo para mim o personagem que melhores momentos encaixa no filme. O Baby Groot continua a coisa mais adorável, surgindo sempre em bons momentos para deixar a sala em modo "ohhhhhh".

Guardiões da Galáxia Vol. 2 é um título divertido que aprofunda a história de StarLord, que apesar de ser um personagem bem menos surpreendente neste segundo título, fica com grande parte do protagonismo, criando todos os momentos importantes para o desenrolar da história e da sua personagem. De onde veio, o seu destino no Universo. São apenas algumas das respostas dadas neste filme. Além disso Gamora tem um papel muito importante em toda esta história, mostrando um pouco mais do seu passado e da sua irmã. Criando assim mais ligações a Thanos, o grande vilão d'Os Vingadores.

Não podia terminar sem deixar de referir a prestação de Michael Rooker, que foi fantástica e não podia falhar as grandes referencias feitas durante o filme às mais variadas coisas, como Mary Poppins. Não esquecendo de nomes como Kurt Russell e Sylvester Stallone que vieram abrilhantar ainda mais este filme.

8
Guardiões da Galáxia Vol. 2
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário