Nas Asas da Memória de Sarah Sundin


Segunda Guerra Mundial. O casal romântico é Jack Novak e Ruth. Jack é um Major que é um homem que sempre foi conduzido para ter sucesso na sua carreia militar, especialmente como piloto. Ruth Doherty é uma das enfermeiras do exército e é ela que cuida do Major quando o seu avião cai num ataque. A partir do momento em que Jack olha para Ruth, ele sabe que tem que conquistar o seu coração, mas a tarefa não vai ser fácil, nada mesmo. Porque Ruth esconde segredos e a única coisa que pretende na vida é esquecer o seu passado e cuidar dos seus irmãos.

O que me agarrou nesta história foi o cenário britânico, o contexto histórico e tudo o que envolvia a vida das enfermeiras e até mesmo do exército, todos os sacrifícios e o sofrimento, que apesar de ser uma história literária tem um grande fundo de verdade.

Para um livro romântico, a história também acaba por ser fraca nesse aspeto porque o envolvimento das personagens acontece quase no fim do livro. Gostei muito mais do casal secundário, por menos não é um "casal sem sal".

O livro perde bastante quando se fala no par romântico, especialmente por Ruth e todo o seu segredo que fez com que ela rejeite o amor, porque apesar de tudo, é muito previsível e todo o seu pensamento de "coitadinha", por assim dizer, não foi um facto que aceitasse muito bem. Eu gosto de personagens femininas fortes e para mim, Ruth foge nesse aspeto. Outro facto negativo para mim, foi a relação toda com Deus e a religião. Admito, sou ateia, não acredito em Deus nem nada que o envolva apesar de viver num país cristão, o que fez que todas as passagens que envolviam este tema me afastavam do livro.

Sinceramente, não sei vou ler o primeiro e o último volume da trilogia, mas talvez me aventure por esses caminhos porque tenho lido em opiniões que o primeiro livro é muito melhor que este. Vamos lá ver se a Sarah Sundin dá a volta a isto!
Cristiana Ramos
Escrito por:

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e em roer as unhas. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães (quase de uma maneira doentia), mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).  Fã de Friends, GoT e Big Bang Theory. 

Sem comentários:

Enviar um comentário