Annabelle 2 A Criação do Mal


Se há algo que tem acontecido nos últimos tempos ao cinema de terror é uma incrível melhoria na sua qualidade e na sua reinvenção. Tem sido muito interessante os filmes que tenho escolhido ver no cinema, apesar de poucos. E mesmo aqueles que não me incentivaram o suficiente para ir até a uma sala de cinema, acabaram por me surpreender numa das minhas muitas sessões em casa. Annabelle 2 A Criação do Mal é mais uma bela surpresa entre muitas, inserida no universo The Conjuring. Para quem não conhece, este universo está a cargo de um grande nome do terror atual, James Wan.

Ler também: Crítica ao filme A Evocação

Lembro-me bastante bem quando fui ver o primeiro Annabelle. Fui com um entusiasmo demasiado elevado. O The Conjuring tinha-me surpreendido tanto quando o fui ver que as minhas expetativas quanto ao primeiro Annabelle eram imensas e foi assim que acabei bastante desiludido, mas apesar disso este segundo filme chamou-me à atenção nos trailers e fiquei com curiosidade para ver o que melhorou nesta sequela/prequela.

Ler também: Crítica ao filme Lights Out - Terror na Escuridão



Neste segundo capítulo as coisas funcionaram muito melhor que no primeiro filme. Nesta película David F. Sandberg, que fez uma bela adaptação no ano passado com o filme Lights Out, chega à realização para desenvolver momentos bastante intensos de nos deixar arrepiados. Nem todos os momentos do filme foram bons, mas em vários pontos sentimo-nos completamente envolvidos pela história e pelo que estava a acontecer no ecrã.

O argumento está muito bem contado, fazendo uma ligação perfeita com o primeiro filme, apresentando uma real criação de toda a história que envolve a boneca maléfica Annabelle. E contrariando aquela velha sina de que as sequelas saem sempre piores que os originais, aqui o caso é bem diferente e acabamos com uma sequela que realmente vale muito mais a sua visualização que o primeiro filme. Interessante é que com a ligação feita entre os dois filmes fica ao critério de cada um a ordem em que podem visualizar os filmes.

Annabelle 2 A Criação do Mal está muito bem desenvolvido, aliado a um elenco muito novo ajudando a toda a sensação de terror. De destacar uma cena ao meio do filme que é absolutamente bem feita e muito claustrofóbica. Intensidade ao rubro a ponto de nos fazer parar o coração com um desfecho muito bom. Um filme que talvez seja demasiado previsível em certos momentos e que tem o seu arco central bem mais interessante que o início ou o final, mas que num todo é mais um título de terror que vale a pena neste cinema atolado de filmes de heróis. Tenho ficado muito surpreendido pela positiva em vários títulos de terror lançados nos últimos anos e este sem dúvida que entra para a minha lista.

Se são aficionados pelo género de terror garantidamente que vão encontrar várias falhas, mas para um público mais geral que tenha o gostinho pelo terror, com toda a certeza vão sair do cinema com os pêlos dos braços todos em pé. Se não virem no cinema, pelo menos não se esqueçam de dar uma oportunidade ao filme quando este estiver disponível nas plataformas de casa.
7
Annabelle 2 A Criação do Mal
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

4 comentários:

  1. Achas que vale a pena ver este filme, sendo que a motivação foi pouca para ver o primeiro? Falaram tão mal que nem sequer dei ao trabalho de o ver.

    Bom artigo, tho.

    https://cielaunlimitedblog.wordpress.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assim na questão de qualidade do filme eu considero este ao nível do primeiro Conjuring. Previsível nalguns momentos, mas com bons momentos de terror. Se compararmos com o primeiro Annabelle aí sim vale muito mais a pena. :) E tem a vantagem de não precisares de ver o primeiro entender este, apesar de como refiro o final deste é o início do primeiro. Convém saber isso :D

      Obrigado pelo comentário e por teres passado aqui :)

      Eliminar
  2. Eu sou fã de terror e curiosamente gostei do primeiro filme, a continuação ainda não vi. Tens razão o James Wan tem mudado para melhor o terror actual, basta falar na saga Saw ou The Conjuring 2 :)

    Bitaites de um Madeirense

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O primeiro, como se pode ler aliás ficou mesmo muito aquem daquilo que estava à espera, mas este segundo já foi bem melhor. Talvez também tivesse ajudado não levar grandes expetativas. :D

      Eliminar