domingo, 3 de setembro de 2017

Acabei de ler: Na cama com um Highlander de Maya Banks


Foi a minha estreia na escritora Maya Banks. Este livro é o primeiro de uma trilogia chama McCabe. Cada volume retrata a história de um dos três irmãos McCabe. A história acontece nas Terras Altas, num tempo medieval. A escritora é conhecida pelos seus livros eróticos mas este livro apresenta uma atmosférica mais romântica, uma escrita leve com cenas engraçadas, divertidas e por vezes até sensuais.

Nesta história é apresentado ao leitor a heroína Mairin Stuart, filha bastarda do rei, que vive num convento desde pequena, escondida, pois contêm um dote cheia de riquezas e especialmente por ter uma propriedade que vale o seu peso em ouro e por esse motivo ela têm sido alvo de senhores que procuram poder e ascensão, que até chegariam ao ponto de rapta-lá e obriga-lá a casar-se com eles para atingir os seus objetivos. E um desses senhor é o Lorde Cameron que será o vilão da história. Ele torna a heroína cativa e é no cativeiro que ela conhece o menino Crispen McCabe, que se afastou de casa e que é encontrado pelos soldados de Cameron, que o tornam também um prisioneiro. Com a astúcia de Mairin, ambos conseguem fugir, criando um grande elo entre os dois. São encontrados pelo Clã McCabe e é assim que a jovem conhece Ewan McCabe, o pai da criança e chefe do Clã.

E aqui começa o conflito. Ewan sabe que Mairin têm uma ligação com Cameron, que é um dos seus inimigos, mas não percebe esse elo porque a jovem não pretende contar quem realmente é, mas o chefe do clã McCabe não é um homem que aceite um não.

O que me prendeu neste livro foi mesmo a caracterização das personagens, especialmente de Mairin, que apesar de ingénua porque viveu sempre entre freiras, ela é corajosa e tem uma língua afiada, sem medo nenhum de enfrentar os homens especialmente Ewan. Quanto ao Highlander, é o costume, um homem possessivo, vigoroso e másculo, mas que no fundo é um pai maravilhoso, preocupado e carinhoso.

Quanto aos outros irmãos do Clã temos Alaric, o irmão do meio, que durante a trama acaba por se tornar um defensor de Mairin, e Caelen, o leitor fica com a sensação que é um homem torturado pelo passado. Fico à espera do próximo livro para continuar a seguir a história do Clã McCabe.
Avaliação
Vale a Pena
Cristiana Ramos
Escrito por:

Estudante no Mestrado em Biologia Celular e Molecular. Viciada em livros e em roer as unhas. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães (quase de uma maneira doentia), mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).  Fã de Friends, GoT e Big Bang Theory. 

  • 0Blogger
  • Facebook

Deixa o teu comentário

Enviar um comentário