Só Para Bravos


Quando vimos o trailer deste filme numa sessão de cinema anterior, decidimos que seria um título interessante para ver no cinema, completamente na noção de que seria um filme que exaltaria o heroísmo destes homens que constantemente dão a vida por todos nós. Com um verão tão complicado pelo nosso Portugal no que toca a incêndios, foi também uma forma de perceber o diferente trabalho que os bombeiros americanos passam, no que toca a incêndios florestais. Percebemos que era uma história baseada em fatos reais, mas desconhecíamos por completo as suas origens ou o que se tinha passado.


Somos apresentados aos personagens de forma leve e algo divertida. Bons momentos, com personagens muito bem caracterizadas. Sem dúvida que o elenco deste filme foi muito bem escolhido e as interpretações foram excelentes. Cheio de momentos de luta, vitória e muito trabalho árduo, representando muito bem aquilo que os bombeiros passam no seu difícil trabalho. É assim que os vamos conhecendo e a cada minuto que passa ficamos mais e mais ligados aos personagens.




A realização do filme tem aqui um papel igualmente fundamental, com uma forma muito profissional de contar a história. Com os planos certos nos momentos certos e um conjunto de cenas muito bem escolhidas. Joseph Kosinski é quem realiza este filme e é apenas a sua terceira longa-metragem como realizador, mas já antes tinha mostrado muito da sua qualidade, estando por trás do mais recente TRON: Legacy e também de Oblivion, conseguiu aqui adaptar-se de forma muito positiva para um estilo bem diferente dos anteriores. No meio de tudo isto fica a pecar os efeitos especiais que ficaram um pouco aquém do que se esperava, mas tendo em conta o estilo de filme e o que aqui é pretendido, acabam por ficar para segundo plano.

Depois de tudo isto entra a parte emocional. Quando já estamos completamente ligados aos personagens. Quando tudo se parece estar a encaminhar para o excelente final, chega a hora. Quando não conhecemos a história e nos é apresentada aquela sequência final, deixa-nos completamente em choque, sem saber o que comentar, o que dizer. Foram alguns minutos de boca aberta, sem perceber muito bem o que tinha acontecido. É de tirar o folgo e nos deixar completamente em baixo. Um peso enorme caiu sobre nós e saímos do filme apenas a querer ir para a cama dormir agarrado à almofada sem pensar em mais nada.

Só Para Bravos é um filme muito bem trabalhado, baseado em fatos reais, com muito poder emocional e que eleva estes homens ao papel de herói. Numa altura em que os super-heróis tomam conta de todo o cinema, são filmes como este que demonstram que ainda há espaço para histórias interessantes, divertidas e muito emocionais. Um filme que recomendamos.

8
Só Para Bravos
Muito Bom
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

1 comentário:

  1. Pode até ser um filme ligeiramente Oscar Baity, mas, mesmo não sendo espetacular, é um excelente filme para percebermos todos como funciona aquele meio de trabalho. Já dei a minha opinião no meu blog, mas concordo maioritariamente contigo. Um filme, sem dúvida, recomendado.

    ResponderEliminar