quinta-feira, 21 de junho de 2018

Mundo Jurássico: Reino Caído


Quando vimos pela primeira vez o trailer deste novo filme do Mundo Jurássico, algo que aconteceu já muito recentemente, ficámos algo apreensivos para a sua visualização. Na verdade, ficámos tão estupefactos que ponderámos não ir ao cinema. Mas lá decidimos aventurar-nos em mais um título do universo do Parque Jurássico. Só de pensar que o primeiro filme já foi lançado em 1993 e agora, 25 anos depois, temos mais um capítulo nesta história que viu o seu regresso já em 2015. Se o filme anterior vos alegrou e entreteu o suficiente para saírem com um belo sorriso do cinema, então podemos já dizer que esta sequela está composta para oferecer o mesmo.

Não quero confundir com isto, pois Mundo Jurássico: Reino Caído não é mais do mesmo, pelo menos no que toca a estes novos filmes. Há aqui alguns pontos que acabam por se repetir se considerarmos o original, mas pensando em novos públicos, que apenas conhecem os novos capítulos, podemos dizer que aqui trabalharam bem. Uma história que continua algum tempo depois da anterior, com as personagens já bem conhecidas, não perde grande tempo na sua construção, apresentando apenas com detalhe as anteriores. Uma história que vai além dos dinossauros e foca-se nas personagens. Procura estabelecer uma ligação a todo o universo ainda mais forte e pega em personagens clássicas para demonstrar todo o novo ambiente. O filme apresenta, sem querer ser muito ambicioso, uma história interessante e que nos entretem do princípio ao fim. Um ponto positivo.



Mas um filme deste género vive muito à custa da sua qualidade gráfica. A sua imagem e os seus efeitos especiais é das coisas mais importantes para que aqui seja criado um mundo realista e com algum sentido. A forma como os dinossauros aqui são retratados e toda a envolvência que criam com o público estabelece uma realidade que até aqui foi só um pouco explorada neste universo. Para isso, a equipa de efeitos especiais criou aqui um trabalho impreensível. Com grande qualidade gráfica ultra realista e que nos faz olhar para aqueles animais como algo que realmente existe. Um trabalho que aliado a uma fotografia suficientemente agradável ao olho ajuda a termos aqui uma bela sequela.

Podemos por isso dizer que Mundo Jurássico: Reino Caído é uma sequela competente, que não perde para o filme anterior, mas também não acrescenta uma enorme inovação. Apresenta uma história que apenas é superada pelo filme original e isso só por si já um excelente ponto de referência. Um título que recomendamos e que agora, no final desta opinião, podemos dizer que os trailers não chegam nem perto daquilo que há aqui para oferecer. Por isso se ainda não foram ao cinema, podem aproveitar agora o fim de semana para irem ver este mundo de dinossauros que nos alegra a vida desde 1993.

Nota: 8/10
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

  • 0Blogger
  • Facebook

Deixa o teu comentário

Enviar um comentário