Novidade Saída de Emergência: "O Poder" de Naomi Alderman


E quando as raparigas ganham o poder de causar sofrimento e morte, quais serão as consequências? O Poder de Naomi Alderman. Um livro considerado por muitos um dos melhores de 2017.

O Poder venceu o Baileys Women’s Prize para Ficção e está disponível em território nacional pela Editora Saída de Emergência. 

Naomi Alderman já é uma autora conhecida para o Café Mais Geek. Tivemos a oportunidade de ler Desobediência, sendo que foi uma leitura muito agradável e que nos surpreendeu bastante pelos temas discutidos. 

Ler também: Opinião do livro "Desobediência" de Naomi Alderman

SINOPSE:
E se, um dia, as raparigas ganhassem subitamente o estranho poder de infligir dor excruciante e morte? De magoar, torturar e matar? Quando o mundo se depara com esse estranho fenómeno, a sociedade tal como a conhecemos desmorona e os papéis são invertidos. Ser mulher torna-se sinónimo de poder e força, ao passo que os homens passam a ter medo de andar na rua, sozinhos à noite. Ao narrar as histórias de várias protagonistas, de múltiplas origens e estatutos diferentes, Naomi Alderman constrói um romance extraordinário que explora os efeitos devastadores desta reviravolta da natureza, o seu impacto na sociedade e a forma como expõe as desigualdades do mundo contemporâneo.

SOBRE A AUTORA:
Naomi Alderman. Cresceu em Londres e frequentou a Universidade de Oxford. É professora de Escrita Criativa na Bath Spa University e escreve frequentemente para o The Guardian. O seu primeiro romance, Desobediência, já publicado pela Saída de Emergência, ganhou em 2006 o Orange Award for New Writers. Em 2017, O Poder venceu o Baileys Women’s Prize para Ficção.
Cristiana Ramos
Escrito por:

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e em roer as unhas. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir). Fã de Friends, GoT e Big Bang Theory.

Sem comentários:

Enviar um comentário