Especial Harrow County | Parte 1


Vamos falar de Harrow County 1 - Assombrações Sem Fim e de Harrow County 2 - Duas Vezes Contado
Decidi que uma viagem até Harrow County nesta época das bruxas seria uma ótima ideia e por isso lá arranquei por uma jornada que pouco sabia onde iria parar, apesar da capa carregar indicações do que se pode esperar nestas páginas. No primeiro livro contamos com uma introdução à localização e claro às personagens que nos vão acompanhar. Percebemos logo nas primeiras páginas o que nos espera e numa espécie de prólogo introdutório vamos atrás no tempo para conhecermos um pouco e acreditem que é apenas um pouco de Harrow County e nas suas personalidades caricatas. Quando regressamos ao presente já estamos em choque com tudo o que ali está a acontecer, mas entende-se os motivos por trás de tudo e rapidamente nos ligamos à nossa protagonista. Não tentam esconder quem é ou o que é mas nunca o dizem muito diretamente e apesar de tudo não estraga qualquer surpresa, porque a história vai bem além disso. A partir daqui seguimos a Emmy e o seu companheiro sem pele, que são o centro de toda a aventura terrificante que os espera.

A história dos primeiros dois volumes movem-se através da introdução de Emmy e do seu propósito em Harrow County e da chegada de uma grande surpresa, que é a sua irmã gêmea, que vai ser de extrema importância no segundo volume. São dois volumes que se complementam muito bem e oferecem o suficiente para perceberem a história destas personagens e principalmente aquilo que pretendem daqui para a frente. Rapidamente entendemos que uma das irmãs é o lado bom, enquanto a outra parece ser o lado mau e assim a história começa a ficar cada vez mais macabra e louca. Uma autêntica história de terror.

Achei o segundo livro particularmente mais interessante que o primeiro, principalmente pela forma como a história evolui com a irmã gêmea de Emmy. Os momentos loucos e completamente horrorizantes que a personagem cria mostram tão bem a sua loucura e é muito interessante ver como o autor liga isto tudo à nossa protagonista que no fundo só quer fazer o bem. Um contraste enorme entre as duas que funciona tão bem como seria de esperar. Momentos intensos e alguns bem estranhos é a grande marca do segundo livro, mas o primeiro não fica nada atrás onde surpresa atrás de surpresa vai demonstrando todo o enredo e acreditem que há coisas que vos vão deixar boqueabertos. Acho que o mais surpreendente do primeiro livro é mesmo quando começamos a conhecer e a perceber toda a história de Emmy e aquilo que lhe está prestes a acontecer, com um final que acaba por ser uma autêntica surpresa.

Agora vou falar de algo que está realmente surpreendente e apesar de este artigo ser apenas a primeira parte deste especial de Halloween acho que falo já pelos quatro volumes que aqui vou esmiuçar. Não se deixem enganar pela arte adorável em aguarela com um trabalho extremamente bem concretizado, onde em cada página nos dá a ideia de estar a observar uma obra de arte, pois ao final das contas temos aqui uma história negra, pesada e cheia de horrores. A cada virar de capítulo é uma página inteira ilustrada que só me dá vontade de ter uma versão gigante em formato poster. E a cada virar de página é de ficar arregalados com a forma como as cores se entrelaçam e criam um ambiente digno de qualquer meio de terror. Posso dizer sem qualquer dúvida que estes livros mostram um grande trabalho artístico aliado a uma história que começa de forma estrondosa. Resta saber como as coisas se continuam a desenrolar, mas amanhã voltamos a isso.

Harrow County volume 1 e 2 são dois livros que têm de ser lidos e se estão a começar neste mundo da banda desenhada e não conhecem muita coisa do gênero de terror então deixo o conselho para que dêem uma olhada nesta história. Já vai com quatro volumes editados em Portugal e como sempre podem contar com grandes edições, carregadas de extras deliciosos para os amantes da arte, onde podem encontrar esboços e algum texto escrito pelos próprios criadores da banda desenhada. Por isso se querem passar o serão de Halloween como uma leitura macabra, vão já procurar por estes livros e quem sabe não terão uma bela surpresa.
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário