Major


Um pouco sobre o anime


Major é um anime sobre desporto, neste caso Basebol. Foi criado em 1996 por Takuya Mitsuda, contando com 76 volumes no mangá. Foi só no dia 13 de Dezembro de 2008 que estreou o primeiro episódio nas televisões japonesas.

A ação mostra as várias fases da vida do personagem principal Goro Shigeno, um fã do desporto e do seu pai, um jogador de uma equipa profissional do Japão. Mais tarde, o rapaz é adotado pelo melhor amigo do pai e pela sua namorada, depois da morte do pai durante um jogo em que Joe Gibson, um jogador transferido da MLB para a liga japonesa lança uma bola e acidentalmente acerta-lhe na cabeça.

A partir daqui, vemos uma mudança psicológica muito acentuada na personagem até à sua adolescência, em que tinha um estilo de jogo bastante individual, porque se achava melhor que os colegas de equipa, que para ele estavam apenas a fazer número dentro de campo, mas também passou a ser bastante frio com as pessoas à sua volta. Mas com o passar do tempo, ele compreende a importância de acreditar nos seus companheiros e no trabalho de equipa. Algum tempo depois, Goro faz novos rivais e até um inimigo, um diretor desportivo de um colégio de basebol que não olha a meios para atingir os fins, até mesmo mandar os seus próprios jogadores para o hospital, apenas com o objetivo de ganhar reputação e fama.

Chegou a uma altura em que do nada, Shigeno resolve tornar-se profissional, então em vez de rejubilar na liga japonesa na equipa em que o seu pai jogou, vai para os Estados Unidos e entra na MLB.

Uma pequena opinião

Ora bem, acho que chegou a altura de vos dar a conhecer um bocadinho mais sobre a minha pessoa e o porquê de ter escolhido um anime sobre basebol. A resposta é simples, eu adoro basebol, tanto que jogo numa das equipas existentes neste país. Posso-vos dizer que não foi fácil apanhar o bichinho por este desporto pois é muito complicado aprender as regras, mas não foi isso que me fez desistir e com calma e paciência lá comecei a gostar deste desporto que nos obriga a ter um psicológico sempre em alta.

Assim que comecei a ver “Major”, a primeira coisa que me passou pela cabeça foi: “Mais um anime sobre um personagem que quer ser o melhor jogador do mundo”. Não poderia estar mais enganado. Mostrou o que vários animes deste género não mostram, a importância que a família tem para nós enquanto jovens.

Gostei do facto de Goro apenas querer mostrar às outras pessoas de que não é um coitadinho devido ao seu passado, mas também honrar a memória do seu pai sempre que joga.

Quando acabei de ver o anime, qual não foi a minha surpresa quando me falaram de uma continuação com uma next generation. Já comecei a ver e era algo que já se esperava, não há nenhuma surpresa, pelo menos por enquanto, vamos esperar para ver se acontece algo de surpreendente.

Por agora é tudo, peço desculpa aos leitores por não ter falado em questões técnicas, a meu ver não há nada a dizer, é um bom anime e vale todo o tempo investido nele.

Mário Torres
Escrito por:

Sou de Coimbra, sou uma pessoa que gosta de tudo um pouco, especialmente desporto e animes, e quando estes dois últimos se juntam… Também sou fã de videojogos, preferindo a PlayStation e a Nintendo, e claro gosto de um bom filme. 

Sem comentários:

Enviar um comentário