A Origem dos Guardiões


Hoje vou-vos falar dos Vingadores dos Contos de Fadas. As crianças de todo o mundo são protegidas por Guardiões: um grupo de todas as adoradas figuras dos contos de fadas e todas as criaturas míticas. Existem várias personagens, mas elas não podem ser vistas porque ninguém acredita nelas.

O grupo liderado pelo Pai Natal e constituído pela Fada-dos-dentes, pelo Coelho da Páscoa, João Pestana e pela derradeira prova de Jack Frost. Este filme trazido pela DreamWorks faz-nos reviver todas as histórias de fantasia com estes heróis de quando erámos pequenos e mostra que o mais importante a defender é a inocência das crianças e todos os seus sonhos.

Jack Frost não tem memórias antes de conseguir criar neve e gelo e passados 300 anos custa-lhe imenso ninguém acreditar nele e luta diariamente para que isso mude. E por isso, quando o Pai Natal o convida a entrar nos Guardiões e se no final tiver o que for preciso para ser um Guardião, ele descobrirá as suas origens e se ele tem o poder suficiente para fazer as crianças acreditarem nele.

O que segue é uma batalha do bem contra o mal, em que o Bicho-papão quer roubar os sonhos das crianças e trazer a escuridão à imaginação e é aqui que entram os Guardiões, pois são os únicos que podem travar a batalha contra o vilão.

A história tem como base o pressuposto já bem conhecido do mundo de fantasia: se as crianças deixarem de acreditar nos contos de fadas, será que os heróis deixam de existir? Ser invisível é o pior destino de um Guardião. Todo o sistema de proteção de crianças e felicidade é baseado na fama de cada um. O que pode ser um pouco contrassenso e é a parte da história que merece mais críticas.

Visualmente o filme está ótimo. Toda a caracterização das personagens está impressionante, desde as tatuagens do Pai Natal à forma lutadora de cada um. É um bom filme para crianças para poderem reviver todos os seus heróis das histórias de contos de fada e nunca se esquecerem do poder da imaginação, dos sonhos e de acreditar.
7
A Origem dos Guardiões
Andreia Cunha
Escrito por:

Estudante na bela cidade de estudantes e amante geek de livros e, principalmente, séries e filmes. Adoro tudo o que seja de universo de ficção científica e fantasia, porque não há nada melhor para fugir à realidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário