Banda Desenhada Natalícia


Em todas as áreas do entretenimento existem especiais de Natal. Seja através de um episódio da tua série favorita, ou até um extra qualquer para o teu jogo online em que andas viciado. Tenho a certeza que a grande maioria de vocês passa um grande tempo desta altura do ano a ver aquele clássico na tv, como o Sozinho em Casa, mas e que tal uma leitura pelo mundo da banda desenhada?

São muitas as que reflectem esta temática, desde especiais da DC e da Marvel, entre histórias originais e grandes aventuras natalícias mais obscuras. Há certos livros de banda desenhada que capturam o espírito natalício de forma mais ou menos indirecta, mas conseguem transmitir exatamente a sensação que queremos. O Café Mais Geek decidiu ir em busca de bandas desenhadas que podem ser excelentes para lerem nos próximos dias e assim apresentamos duas leituras  mais sérias e adultas que talvez seja do vosso interesse.

Klaus (2015 - 2016)

Porque não começar já com uma grande história com uma dose de violência que precisa de ter atenção a quem dá a ler. Este não é a melhor história para contar aos filhos ou aos netos, mas se querem uma história séria e adulta, então é para vocês. Da mente de Grant Morrison, um nome bem reconhecido deste universo, chegou esta série de 7 números que contam a origem do próprio Santa Claus. Esta história que nos leva aos caminhos que o velhote barbudo, que no dia 25 nos deixa presentes debaixo da árvore, teve de percorrer. Numa aventura ao estilo de Game of Thrones passamos por momentos de grande ação, com um ambiente nórdico onde vemos Santa Claus reimaginado como um super-herói.

Este é um livro que pode ser demasiado violento para muitos, mas é uma forma bem diferente de conhecer uma história original acerca do Pai Natal. Já imaginaram bem ver este mítico ser numa luta pelo bem num ambiente completamente louco e cheio de intrigas? É um livro a considerar.

Batman: The Long Halloween (1996 - 1997)

Ainda dentro de um tema mais sério, esta é uma das grandes histórias de Batman que inspirou a trilogia de Christopher Nolan no cinema, principalmente o filme The Dark Knight. Apesar do seu nome, este conjunto de 13 números passa pelas mais variadas festas que acontecem entre o dia das bruxas e o Natal. Aqui somos apresentados ao vilão Holiday Killer, este começa a atacar e matar importantes membros da alta sociedade de Gotham, sempre em datas importantes como o dia das bruxas, o dia de Ação de Graças e claro o Natal. Ao longo da história, Batman torna-se o detetive que todos esperam e envolve-se numa luta contra o relógio para tentar perceber e resolver os crimes que estão a ocorrer. Uma arte única e com um estilo noir, onde o estilo expressionista de Tim Sale se fez sobressair graças ao estilo gótico inerente a Gotham.

Uma história séria e muito importante no mundo da DC Comics, com grandes momentos que inspiraram outros áreas de entetenimento. Aconselhamos a dar uma oportunidade a esta história pois podem sair surpreendidos.
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário