Vamos até Braga ao NaniCon? - NaniSmash


O painel dos painéis. Este é talvez o momento do dia que estou mais dentro da sua organização. Poderia aqui descrever toda a história que envolveu a criação deste painel, mas não o vou fazer, porque haveria demasiado para contar e não quero estragar nenhuma surpresa. Este painel foi uma autêntica jornada aventureira que culmina em algo que acreditamos ser do interesse de todos. Pela primeira vez vamos ver um conjunto de pessoas bem distintas que chegam de áreas completamente diferentes a conversar sobre um tema que os junta: o mundo geek. Aqui vão poder conhecer um pouco mais do trabalho de cada um dos convidados e saber um pouco mais de como entraram neste mundo que todos adoramos. O que consegue ser mais interessante neste painel é a junção de indivíduos que são muito profissionais naquilo que realizam, mas fazem tudo por amor à camisola. O trabalho de cada um deles é realmente de paixão por cada área que desenvolvem e é excelente ver um painel que com certeza irá ajudar a consagrar esse trabalho.

Com espaço para diversão e para muito conhecimento, este painel pretende ser acima de tudo descontraído e em tom de homenagem ao pai do mundo geek. A ideia é que no final todos possamos relembrar o trabalho de Stan Lee, mas principalmente perceber de que forma é que este nome consegue interligar pessoas à partida bem diferentes. Um painel que pretende ser um ponto de partida do dia e que se apresenta de forma única. Pretende mostrar o real do que é escrever sobre videojogos e ser um colecionador desta forma de entretenimento; mostrar como a tecnologia está sempre ligada ao mundo geek e como um redactor num site da área chega a um público mais abrangente que os fanáticos por tecnologia; mostrar que o Cosplay é uma das formas de arte mais ligadas a este mundo e como é desenvolver projetos magníficos e muito profissionais; e claro, mostrar que a cultura japonesa está inteiramente ligada ao tema, lembrando que Stan Lee é lido em qualquer parte do planeta e mesmo sendo americano e criador do típico comic americano, iniciou algo que levou o público a querer mais e a virar as suas atenções para o mundo asiático.

Este é um painel que não podem perder! Agora já estão convencidos? Vamos até ao NaniCon?
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário