Mistakos


Foi no último dia da LeiriaCon que experimentámos o jogo Mistakos, uma edição publicada pela MeboGames. O Eduardo e eu decidimos que devíamos passar as últimas horas da nossa primeira LeiriaCon numa das melhores salas deste evento: a sala da LeiriaKids, uma divisão repleta de jogos de tabuleiros mais familiares e cheia de famílias que introduziam os seus mais novos a este mundo maravilhoso que são os jogos de tabuleiro. Eu e o Eduardo devíamos ser dos poucos adultos presentes naquela sala que não estavam com uma criança, mas não havia problema nenhum porque quem é que não deseja muitas vezes voltar atrás no tempo e recuar até à infância, para nos divertirmos à grande e sem nenhum complexo e vergonha? Falar alto, rir alto e deixar todas as emoções virem ao de cima sem qualquer pudor! E foi isso que nos aconteceu enquanto jogamos Mistakos

Mistakos tem uma mecânica simples. Objetivo: empilhar as cadeiras sem caírem ao chão. Uma espécie de Jenga, em que a destreza e até um pouco de sorte são os factores mais importante. Quem nunca retirou uma peça de madeira do Jenga, a rezar que a pilha não caísse. Em Mistakos em vez de se tirar, coloca-se uma cadeira. Como erámos apenas dois jogadores, distribuímos igualmente o número de cadeiras, e começámos a nossa pilha, em que apenas a primeira cadeira colocada pode tocar a mesa. Se as cadeiras caírem durante o turno de um jogador, o jogador deve ficar com todas as cadeiras que caíram e tocaram na mesa. O grande vencedor é aquele que conseguir livrar-se de todas as cadeiras. 

Simples, eficaz e muito divertido! Eu e o Eduardo chegámos a jogar uns 4 jogos de Mistakos, isto porque como tenho mau perder e o Eduardo estava a dar-me uma abada daquelas mesmo grandes, eu queria ganhar um jogo! Entretanto comecei a ganhar mais técnica (porque isto é uma skill muito avançada!) e consegui dar alguma luta ao Eduardo, mas no final ele acabou por se autodeclarar um mestre na arte de empilhar cadeiras.


Lembro-me que na última jogada, tínhamos uma pilha de cadeiras enorme, e já nos tínhamos esquecido que estávamos a jogar um contra o outro! O nosso objetivo era fazer a pilha com todas as cadeiras sem as deixar cair. Claro que não conseguimos e o desastre era iminente! Quando o Eduardo colocou uma cadeira que levou ao colapso da nossa bela arte, só me lembro de começar a chorar de tanto rir e observar uma senhora que estava na mesa ao lado a rir-se também, porque estava a ver as nossa figuras. Isto porque eram dois adultos a comportarem-se como crianças, mas sabe tão bem! Porque esta é a verdadeira magia que existe nos jogos de tabuleiro. 

Mistakos é isto! Seja a jogar apenas a dois ou a quatro, apenas adultos ou só crianças ou até um misto, a diversão está garantida! Seja a competir para sermos o grande mestre das cadeiras ou a jogar em cooperação para fazermos a maior pilha possível! Sem dúvida que vai ser um jogo a vir para a nossa ludoteca!
8
Mistakos
Muito Bom
Cristiana Ramos
Escrito por:

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e em roer as unhas. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir). Fã de Friends, GoT e Big Bang Theory.

Sem comentários:

Enviar um comentário