Preview: INDEH: Uma História das Guerras Apache

Argumento de ETHAN HAWKE e arte de GREG RUTH

De forma a conseguir expor a verdade nua e crua das guerras que opuseram os colonizadores e soldados americanos aos índios Apache, Ethan Hawke criou este argumento, que inicialmente tencionava ser um filme. Como esse projeto nunca foi concretizado, decidiu então transformar tudo num romance gráfico, aliando-se ao artista Greg Ruth. Com uma arte a preto e branco incrível e uma narrativa potente e terrível sobre um episódio complexo e cruel da conquista do Oeste.

O ano é 1872, na nação Apache, uma região dividida por décadas de guerra. Goyahkla, um jovem guerreiro, perdeu a sua família e todos os que alguma vez amou. Mas, depois de uma visão, vai pedir ao chefe Apache Cochise que o deixe comandar um ataque contra a vila Mexicana de Azripe. Será esta manifestação feroz de coragem que irá transformar o jovem Goyahkla no famoso herói índio Gerónimo. Os índios Apache iriam combater os seus inimigos, as forças do Exército Americano, ao longo de décadas, perdendo aqueles que amavam, tentando salvar as terras dos seus antepassados e a sua cultura, até estarem reduzidos a chamarem-se a si próprios "Indeh", ou "aqueles que estão mortos".

INDEH captura a narrativa riquíssima de nações em guerra - contada pelos olhos de Naiches, filho do chefe Apache Cochise, e de Gerónimo, dois homens que procuram encontrar a paz e o perdão neste conflito, revelando também o tremendo custo espiritual e emocional das Guerras Apache. Com um grande nível de investigação, esta história permite-nos perceber as diferenças culturais, o horror da guerra, a busca pela paz e em última instância, a vingança. A marca que os Apaches deixaram na nossa perceção do Oeste Americano é muitas vezes retratado em vários meios do entretenimento, mas nunca como aqui encontrará.

Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto. Considero-me um geek, um devorador de Filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de Videojogos e adoro o mundo Nintendo. Ver uma série? Só consigo em maratonas... acho que preciso de ajuda... Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário