Diamond no Ace


Lembram-se de eu ter dito que gostava de basebol? Bem, aqui está outro artigo sobre o tema, mas não se preocupem, é completamente diferente do anterior que tinha uma vertente mais dramática.

Eijun Sawamura é um jovem pitcher, ou seja, um lançador, com uma característica um pouco invulgar, para alguém que ocupa essa posição: não consegue controlar o braço de maneira a fazer um bom trabalho, tornando-o bastante imprevisível.

Durante um jogo, um olheiro de uma escola prestigiada, reconhece que o talento dele pode ser uma mais valia para a equipa de Seido High, se a sua técnica for melhorada da forma certa e então oferece-lhe uma bolsa de estudo para ir estudar para lá e jogar na equipa da escola. Quando ele chega à escola, ele fica entusiasmado quando se depara com o ambiente dos treinos. Uma coisa que é de salientar, é que Sawamura é uma personagem imprudente e palerma por si só, o que o leva a fazer de tudo para dar nas vistas, dizendo que vai ser o número 1 da equipa, entre outra coisas.

Um dia aparece na equipa uma pessoa que viria a tornar-se o seu rival no que diz respeito à posição que ocupa, então Sawamura percebe que o seu lugar pode estar em risco, começando assim a treinar a sério, tanto que tem vários colegas mais experientes a melhorar a sua técnica.

Uma coisa que reparei foi que quando ele está dentro de campo, quer seja para atacar ou defender, ele começa a rir-se e a fazer macacadas devido aos nervos, acabando com o clima do momento, sendo este um dos pontos negativos do anime.

Como esta época é a ultima para alguns jogadores de Seido High, faz também parte da responsabilidade dos iniciantes darem tudo por tudo, para conseguirem apurar-se para o campeonato nacional e chegar à final. Quando resolvi escrever este artigo, não foi simplesmente porque sim, esta semana começa a nova temporada que já era há muito esperada.

Uma das coisas com que me deparei aquando da sua visualização e achei hilariante, foi o quão parecidos são os membros da equipa do anime com a equipa onde eu jogava, sempre na comédia, cada um com as suas manias, o que torna o ambiente bastante agradável para se treinar.

Quando lerem o artigo e virem o anime, espero que passem a gostar tanto deste desporto como eu, e que se divirtam a ver e quem sabe praticar.
Mário Torres
Escrito por:

Entusiasta no que diz respeito a anime, desporto, e quando estes dois se juntam… Adoro um bom filme, independentemente do género, e claro adoro videojogos

Sem comentários:

Enviar um comentário