Leonardo da Vinci, a aguardada biografia


Depois de personalidades como Steve Jobs e Einstein, chegou a vez de Walter Isaacson retratar o «génio mais criativo da História». 

No dia em que se assinalam os 500 anos da morte de Leonardo da Vinci, a Porto Editora anuncia a publicação da aguardada biografia dedicada a este génio do Renascimento, assinada por Walter Isaacson, um bestseller internacional que chega a23 de maio às livrarias portuguesas. 

A partir de mais de 7200 páginas de anotações, Isaacson retrata com rigor e entusiasmo a vida de Da Vinci e como era o seu método de estudo e trabalho nas mais diferentes áreas. 

De curiosidade obsessiva, Da Vinci casou a observação com a imaginação e as artes com as ciências, o que faz dele um dos grandes inovadores da nossa História. 

Ilegítimo, homossexual, vegetariano, canhoto, com facilidade em distrair-se e, ocasionalmente, herético» são alguns dos detalhes menos conhecidos sobre Leonardo da Vinci que este livro nos revela. Uma obra que é, ao mesmo tempo, «um estudo sobre criatividade: como defini-la, como alcança-la… Mais importante, é uma história poderosa de uma vida e de uma mente entusiasmante. 
The New Yorker.

Majestoso… Isaacson aceitou o desafio de estudar uma outra figura histórica gigante e complexa e transformou-a em alguém com quem nos podemos identificar. 
Kirkus Reviews 

Tenho lido muito sobre Leonardo da Vinci nos últimos anos, mas nunca encontrei um livro que abarcasse todas as diferentes facetas da vida e trabalho deste génio. 
Bill Gates 

SINOPSE:
Arquétipo e símbolo do homem da Renascença, Leonardo da Vinci é universalmente reconhecido como o génio mais criativo e multifacetado da História. A sua criatividade, como aquela de grandes inovadores, nascia na interseção entre as humanidades e a tecnologia. Esfolou rostos de cadáveres, desenhou os músculos que fazem mover os lábios, e depois pintou o sorriso mais memorável da História em Mona Lisa.Explorou a matemática da ótica, mostrou como os raios de luz atingem a córnea e produziu ilusões de perspetivas variáveis em A Última Ceia. No seu eterno entusiasmo pela encenação de espetáculos imaginava máquinas que subiriam aos céus, permitindo ao homem voar como os pássaros. 
Filho ilegítimo, à margem de uma educação formal, vegetariano, canhoto, distraído e, por vezes, herético, o Leonardo da Vinci retratado neste livro é uma pessoa real, extraordinária pela pluralidade de interesses e pelo prazer que tinha em combiná-los. Recorrendo a milhares de páginas dos impressionantes cadernos deixados por Leonardo da Vinci, e atendendo às mais recentes descobertas sobre a sua obra e trajetória de vida, Walter Isaacson revela-nos facetas desconhecidas do artista, desfazendo a aura sobre-humana que lhe é atribuída e mostrando como a genialidade de Leonardo se fundamenta em características bastante «humanas», moldadas por uma enorme vontade e ambição e assentes em habilidades que cada um de nós pode cultivar, não isentas de imperfeições e fraquezas. 
Um livro indispensável, não só pela forma única de representar um dos grandes génios da História da Humanidade, mas também enquanto demonstração da capacidade humana de inovar, da importância de aprender e questionar, de imaginar e, sobretudo, de pensar de maneira diferente.

SOBRE O AUTOR:
Walter Isaacson. Foi diretor-executivo do Aspen Institute, presidente da CNN e editor-executivo da revista TIME. É autor das biografias Steve Jobs, Einstein: His Life and Universe, Benjamin Franklin: An American Life, Kissinger: A Biography, e coautor, com Evan Thomas, de The Wise Men: Six Friends and the World They Made. Vive em Washington, DC. No catálogo da Porto Editora figura já o seu livro Os Inovadores.
Cristiana Ramos
Escrito por:

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e em roer as unhas. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir). Fã de Friends, GoT e Big Bang Theory.

Sem comentários:

Enviar um comentário