X-Men: Fénix Negra



Este é oficialmente o fim de toda a saga iniciada já no início dos anos 2000, pelo menos para já. Existe ainda a possibilidade do filme The New Mutants ser lançado, mas acho que já ninguém acredita nessa possibilidade, por isso vamos supor que este foi o fim. Em 2000 quando o primeiro filme dos X-Men foi lançado, desbloqueou o tabu de que estas adaptações da banda desenhada nunca iriam funcionar e principalmente nunca se iriam tornar mais do que filmes infantis. Atenção que antes de X-Men houve várias adaptações com tom adulto que se tornaram imagens de sucesso deste tipo de filmes, mas foi apenas Batman e Superman da DC Comics que alcançaram algum tipo de sucesso interessante. No final dos anos 90, com a saga Batman a cair no ridículo parecia que ninguém sabia o que fazer com os super-heróis e é aí que surge esta franquia que abriu portas a filmes como Spider-Man e claro toda a saga dos Vingadores.

Vamos realmente ao que aqui importa que é o filme Fénix Negra. Este spin-off seria a nova tentativa da Fox em desenvolver filmes a solo para os seus personagens, algo que em 2009 correu extremamente mal com o filme X-Men Origins: Wolverine onde tanto foi feito de errado. Mais tarde com Logan, esta saga de spin-offs voltou a entrar na graça dos fãs e seria assim que se iria iniciar um novo conjunto de filmes, mas a Disney aconteceu. Este Fénix Negra podia ser o filme ideal para fechar uma porta, mas nem tudo correu bem para que isso acontecesse. Ao longo da produção, com vários problemas pelo caminho o filme foi-se encaminhando mais para um novo filme dos X-Men do que propriamente um filme a solo. Acabamos por ter o foco totalmente em Jean, mas todos os outros personagens têm o seu destaque e a ideia que fica é que a Fox/Disney queriam apresentar por uma última vez todos os personagens já bem amados dos fãs.

A história em si não é nada de novo. Apresenta em maior pormenor algumas das ideias apresentadas na trilogia original dos X-Men onde vemos Jean a tomar conhecimento dos seus poderes e a realizar a sua transformação para a Fénix Negra. Aqui é algo semelhante, mas onde um acidente espacial acaba por despertar esses poderes reprimidos pelo Professor Xavier. Podem ficar descansados que não é aquela explosão espacial que dá os poderes a Jean, apenas os desperta e aumenta, algo que será resolvido durante o filme. No fundo estamos a ver algo bem conhecido pelos fãs desta saga cinematográfica em maior destaque e principalmente encontramos uma série de situações que demonstram o afastamento entre esta nova saga de filmes com os heróis mais novos e os filmes originais com os heróis mais velhos. Houve pouco que surpreendeu neste filme, mas ainda assim há alguns momentos finais que realmente deram um ponto final a estas histórias e personagens.

Os grandes momentos do filme foram realmente esses pontos que terminam esta saga e pela primeira vez nos fazem sair da sala de cinema sabendo que não precisamos imaginar o que virá por aí. A partir de agora os X-Men no cinema pertencem à Disney e vamos ver muitas mudanças nos próximos anos, quem sabe com a entrada destes personagens no Universo Cinematográfico da Marvel. Só o tempo o dirá. Para já ficamos com este Fénix Negra onde Sophie Turner apresenta uma Jean suficientemente interessante e o destaque dado a personagens como Mystique de Jennifer Lawrence, ou Beast de Nicholas Hoult, que têm sido personagens muito importantes nestes filmes mais recentes e aqui voltam a oferecer um pouco mais daquilo que já conhecemos.

O filme da Fénix Negra é um destaque neste universo X-Men pois conta uma das histórias mais interessantes dos comics, aqui com diversas alterações e com ideias únicas, mas ainda assim longe de ser uma adaptação incrivelmente interessante. Não vejo motivos para muitas das críticas que tenho lido por aí ou muitas das notas que têm aparecido por aí, mas é realmente um filme que pode desiludir muitos dos fãs que esperavam um final incrível. Talvez por ter ido ao cinema com baixas expectativas e por ter visto a desgraça que foi Godzilla 2 Rei dos Monstros apenas uns 3 dias antes, acabei por sair incrivelmente satisfeito deste Fénix Negra. Por isso quem sabe dar uma oportunidade, sem elevar muito as esperanças e até poderá ser um belo serão. O filme não é extremamente mau, mas também não se destaca de forma alguma, ficando assim um pouco acima do razoável.
6
X-Men: Fénix Negra
Satisfatório
Eduardo Rodrigues
Escrito por:

Nascido em Coimbra, a residir bem perto e a estudar cá. Considero-me um geek, um devorador de filmes e adoro ler um bom Comic. Gosto de videojogos e adoro o mundo Nintendo. Tenho uma pequena coleção que vai desde a Mega Drive até à Wii U. Adepto quase fanático da Briosa e um assistente fervoroso no estádio.

Sem comentários:

Enviar um comentário