KICK-ASS: A Miúda Nova vol.1

Kick-Ass deverá ser reconhecido por muitos de vocês, principalmente devido ao filme com o mesmo nome que tanto sucesso fez. Tanto que teve direito a uma sequela. O conceito por trás deste “super-herói” é único e bem diferente do que estamos habituados a ver nas tradicionais bandas desenhadas e julgo ser essa uma das razões para o seu rápido sucesso. A facilidade com que qualquer pessoa se pode relacionar com os personagens presentes nestas histórias levam a uma rápida compreensão de tudo o que envolve este mundo de heróis sem poderes. Sim, para quem não conhece, os super-heróis aqui não têm poderes, mas sim muita força de vontade, coragem e principalmente leram banda desenhada suficiente para saber como lidar com as situações mais preocupantes, mas será que é mesmo assim?

Bem, logo abrir, deixem-me dizer que este livro conta com os seis primeiros capítulos de uma história totalmente nova e na verdade não precisam de ter qualquer conhecimento do que está para trás. Os carismáticos personagens da história original estão bem longe desta aventura e como o próprio nome indica temos uma nova miúda na zona. Bem diferente da história original de Kick-Ass, esta nova personagem de nome Patience, representa um lado mais bem preparado para o combate corpo a corpo e isso leva a que situações de extrema complexidade acabem por ser rapidamente resolvidas.

A história, mais uma vez por Mark Millar, apresenta esta nova personagem de forma muito bem conseguida com um olhar pelas capacidades da protagonista bem antes desta colocar a máscara. Já o desenvolvimento da história não achei muito interessantes. As motivações da personagem são claras a início, mas depois enrola em mais do mesmo e acaba de forma bombástica. A exploração do meio da história parece mesmo ter sido arrancada a ferros, como se costuma dizer.

Mark Millar consegue realmente cativar com esta nova personagem na máscara já bem conhecida pelos fãs e a forma como termina este primeiro volume vai com toda a certeza deixar muitos a salivar por mais. É interessante também olhar para mais esta aventura e perceber algumas das importantes notas deixadas, como a forma como a protagonista precisa de utilizar meios nada convencionais para que a sua vida avance e por motivos bem longe do seu controlo.

Aquele tipo de ensinamento que apesar de ligeiro está aqui bem presente, mostrando que nem sempre os planos correm como queremos, mas com a nossa força de vontade conseguimos tudo. Após esta pequena lição, coloca a máscara verde e passamos ao super-heroísmo puro e duro. Mais uma vez, Millar não nos poupa na violência e, tal como a história original, esta está carregada de momentos de ação e com visões chocantes do que se pode fazer a uma pessoa.

E mais uma vez, também entra o trabalho dos artistas presentes neste livro para representar de forma tão gráfica, mas gratificante, esta história. John Romita Jr. já não é um desconhecido de Millar, ou mesmo das aventuras de Kick-Ass, pois foi com esta dupla que se formou os primeiros oito capítulos da história original. A junção destes dois é fulcral para o sucesso e sem dúvida que a representação desta história está extremamente bem produzida. O desenho incrível e completo graças ao trabalho de Peter Steigerwald que transformou tudo em páginas magnificas de desenho digital e uma detalhe na cor que realça e muito toda a história apresentada. A beleza desta aventura está à vista e estamos ansiosos por ler mais de Kick-Ass.

Kick-Ass: A Miúda Nova é uma boa forma de continuar o legado iniciado pelo Kick-Ass original, Big Daddy, Hit-Girl e claro o Red Mist, entre muitos outros. A história de origem deste novo personagem começa realmente bem e principalmente termina em grande nota, com ideias novas e que podem ser realmente muito interessantes para o futuro. Lá fora já tivemos direito a um conjunto de capítulos novos e espero que possamos ter a versão no nosso belo português muito em breve. Até lá, leiam os livros Kick-Ass editados pela G Floy Studio – Portugal, que já terão muito conteúdo bom.

Capa
8.5
KICK-ASS: A Miúda Nova vol.1
Kick-Ass: The New Girl Vol. 1
Muito Bom
Lançamento setembro de 2020 1/3
Distribuição por
  • Cor digital perfeita para o estilo embutido nesta banda desenhada
  • História nova e sem necessitar de grandes conhecimentos do que está para trás
  • John Romita Jr. novamente a apresentar um desenho incrível
  • Desenvolvimento da história nem sempre o mais interessante ao longo destes primeiros seis capítulos
Eduardo Rodrigues
Escrito por: Eduardo Rodrigues

Considero-me um geek da cabeça aos pés. Adoro uma boa leitura, apreciar a arte da BD e da Manga, ver de uma assentada aquela série ou anime incrível, ir ao cinema e devorar um filme e deliciar-me com uma aventura interativa nos videojogos e nos jogos de tabuleiro. Sou um adepto da mágica Briosa e um assistente fervoroso no estádio.