A verdadeira história de Ted Bundy nos TVCine

A história de um dos assassinos mais implacáveis de todos os tempos chega agora aos canais TVCine, neste thriller biográfico inquietante. Extremamente Perverso, Escandalosamente Cruel e Vil, conta a história verídica do psicopata na perspetiva da sua namorada de longa data. Dia 11 de abril, sábado, às 21h30, o encontro é no TVCine Top.

Seattle (EUA), Outubro de 1969. Ted Bundy, um carismático e bem-parecido jovem de 23 anos, conhece Liz Kendall, mãe solteira de uma menina de dois anos, com quem inicia uma relação amorosa. Os dois vivem anos tranquilos. Em 1975, depois do desaparecimento de várias jovens estudantes e da tentativa de rapto de uma outra, que o identifica, Ted é detido pelas autoridades. Apesar de vários indícios apontarem o seu namorado como o autor dos crimes, Liz recusa-se a acreditar que o homem com quem tem vivido possa estar de algum modo relacionado com tamanha violência. Mesmo continuando a afirmar inocência, as provas acumulam-se e ele torna-se o único suspeito de rapto, violação e homicídio de um sem-número de mulheres. Durante o julgamento, Ted assume a sua própria defesa e fascina milhares de norte-americanos que assistem incrédulos, em tribunal ou pela televisão, ao julgamento. Contudo, o desfecho não o favorece e ele acaba condenado à pena capital. À medida que a sua preocupação se transforma em paranoia, Liz vê-se forçada a reavaliar o quão bem conhecia o homem com quem partilhava a  vida e, com a acumulação das provas, decidir se Ted é de facto uma vitima inocente ou um verdadeiro culpado. Vários anos mais tarde, já no corredor da morte, Ted confessa a autoria de, pelo menos, 30 assassinatos de mulheres em sete estados diferentes, entre os anos 1974 e 1978. Apesar disso, o número de crimes que lhe é atribuído nunca foi definitivamente apurado.

Com realização de Joe Berlinger Extremamente Perverso, Escandalosamente Cruel e Vil segue a autobiografia ‘The Phantom Prince: My Life with Ted Bundy’, publicada, em 1981, pela sua namorada Elizabeth Kloepfer (sob o pseudónimo Elizabeth Kendall). Com Lily Collins no papel de Kendall, Zac Efron como Bundy e John Malkovich como o juiz Edward Cowart (o magistrado que presidiu ao julgamento final), o filme integra ainda no elenco Kaya Scodelario, Angela Sarafyan, Jeffrey Donovan e James Hetfield (dos Metallica), entre outros.

Fonte: Press Release
Eduardo Rodrigues
Escrito por: Eduardo Rodrigues

Considero-me um geek da cabeça aos pés. Adoro uma boa leitura, apreciar a arte da BD e da Manga, ver de uma assentada aquela série ou anime incrível, ir ao cinema e devorar um filme e deliciar-me com uma aventura interativa nos videojogos e nos jogos de tabuleiro. Sou um adepto da mágica Briosa e um assistente fervoroso no estádio.