As Bruxas de Roald Dahl

O filme As Bruxas de Roald Dahl é a re-imaginação moderna de Robert Zemeckis (conhecido por Back to the Future e Forrest Gump), do romance infantil de 1983 de Roald Dahl, As Bruxas.

A sua visão inovadora conta a história emocionante e humoristicamente sombria de um jovem órfão (Jahzir Bruno) que, em 1967, vai viver com a sua avó (Octavia Spencer) numa cidade rural do Alabama, Demopolis. Quando o rapaz e a avó encontram umas bruxas encantadoras, mas diabolicamente traiçoeiras, a avó decide levar o neto para um luxuoso resort à beira-mar. Infelizmente, chegam exactamente na mesma altura em que a Grande Bruxa-Mor (Anne Hathaway) decide reunir-se com todas as suas amigas bruxas para executar os seus planos diabólicos para se livrarem de todas as crianças do mundo.

As Bruxas de Roald Dahl é um filme rico em muitos aspectos, mas pobre em muitos outros.

Comecemos pelo bom: o filme tem um elevado valor de produção (admito, posso estar a inventar um termo novo, ou não). O que eu quero dizer com isto? O filme destaca-se pela sua caracterização, roupas, maquilhagem, cenários e até mesmo efeitos especiais. Todas as vezes que a Anne Hathaway aparece em “modo de bruxa” é uma mistura de aterrorizador e brilhante.

Os actores também são destaque em As Bruxas de Roald Dahl. Anne Hathaway e Octavia Spencer mostram os seus anos de experiência ao assumir os papéis mais marcantes deste filme. Conta também com a voz de Chris Rock como narrador da história.

O que correu pior no filme? A história falhou em agarrar-me. Simplesmente achei a história muito cliché e batida. No entanto, é importante relembrar duas coisas: é uma história antiga (1983) e é, de facto, uma história para crianças. Infelizmente, os meus anos de criança já lá vão, mas fico a questionar-me se não teria adorado este filme se fosse uns bons aninhos mais novo.

A história foi adaptada pela primeira vez em 1990, com um elenco que incluía Angelica Huston e Rowan Atkinson. Essa versão, dirigida por Nicolas Roeg, foi um fracasso financeiro, mas mais tarde ganhou um culto de seguidores.

As Bruxas de Roald Dahl chega às salas de cinema portuguesas amanhã, dia 29 de Outubro, mesmo a tempo do Halloween.

Este artigo pertence ao especial
Capa
6.5
As Bruxas de Roald Dahl
The Witches
Satisfatório
Realização
Estreia 29 de Outubro de 2020 Duração 01H46M (106 min)
  • Elevado valor de produção
  • Elenco fantástico
  • Um filme de Hallowen bastante familiar
  • História batida e clichê
André Pinto
Escrito por: André Pinto

Engenheiro químico de dia, cinéfilo e gamer à noite, geek a tempo inteiro. Desde muito novo que a minha mãe me dizia "Não percas tempo a ver séries e a jogar esses joguinhos"... Well look at me now, mom! De todas as pancas que tenho, Harry Potter e Doctor Who são, possívelmente, as maiores de todas. Quem quiser combinar uma ida ao cinema, estou por Lisboa. Allons-y!