Guns Akimbo: Tiros, explosões e até algumas piadas!

Se tudo o que mais querem é ver o Harry Potter com sotaque americano, podem saltar o resto do artigo e ir ver o filme. No entanto, para mais detalhes, fiquem por aqui, bebam mais um copo e apreciem a opinião.
Guns Akimbo é um filme escrito e realizado por Jason Lei Howden que junta Daniel Radcliffe e Samara Weaving à frente das câmaras. Sendo uma comédia de acção algo simples e directa, é difícil dizer muito mais sem estragar a experiência, mas darei o meu melhor.
O palco de Guns Akimbo é um mundo onde criminosos são postos em lutas até à morte num desporto sem regras, um pouco como no filme Deathmatch ou Death Race ou, no limite, como o Hunger Games. E não, apesar de parecer sempre uma premissa interessante, aqui também não faz sentido. Onde ia? Ah, sim. Neste mundo, Radcliffe interpreta Miles Lee Harris, um idiota normal que se mete com as pessoas erradas e acorda com pistolas aparafusadas às mãos. Admito que, apesar de pôr este filme na mesma prateleira que, por exemplo, Kick-Ass, este acaba por não ter o mesmo tipo de dilema profundo. É um tipo com armas por mãos que tem que se desenrascar. É só isso e se isso não vos desperta curiosidade suficiente, então não vale a pena.
Como seria de esperar, ter armas permanentemente afixadas às mãos não só é um pouco mais que incómodo, mas também mete o nosso protagonista numa série de alhadas em alto ritmo enquanto foge de uma assassina chamada Nix, contra a qual é forçado a lutar.
Como tinha dito antes, o foco do filme cai sobre o Harry P… ahem… Miles Lee Harris. Curiosamente, a parte mais estranha e exótica do filme é ver o Radcliffe com um sotaque americano. Porque é que alguém haveria de deixar toda a sensualidade do sotaque britânico por razão nenhuma é algo que me ultrapassa, mas gostos são gostos.
O humor tem tendência para cair ali entre o negro e o estranho. É um pouco como comer aquele iogurte que comprámos só para provar algo diferente, mas que entretanto passou do prazo e apesar do sabor parecer agradável ficamos na dúvida se vamos uma surpresa desagradável mais tarde.
Há pouco mais a dizer. Guns Akimbo é a típica acção-comédia super-violenta que não pede por muito pensamento. É um filme que existe. É como um Chappie sem os efeitos especiais. É absolutamente perfeito para comer pipocas com amigos.
Se estiverem dispostos a desligar o cérebro por uns momentos, pode ser espectacular. Se estão à procura do significado da vida, é melhor procurarem noutro lado.
Capa
Guns Akimbo
Guns Akimbo
Realização
Estreia 5 de março de 2020 Duração 95 min
Distribuidor ,
  • Fácil de ver.
  • Tiros e explosões e acção... yey!
  • Simples e directo.
  • Muito difícil escrever um artigo sobre este filme sem revelar pontos importantes.
Avatar
Escrito por: Pedro Cruz

"Spawned" em Aveiro no fim do início da década de 90, apreciador de amostras de imaginação e criatividade, artesão de coisas, mestre da fina e ancestral arte da procrastinação e... por hoje já chega. Acabo isto amanhã...