Push – Os Poderosos, de Paul McGuigan

Esta semana vamos continuar no universo da ficção cientifica, apresentando um filme onde os super poderes são o foco principal. Push – Os Poderosos é um filme de 2009, com realização de Paul McGuigan, que já trabalhou na série Sherlock, assim como nas séries mais recentes Luke CageDracula. Já o guião foi produzido por David Bourla, que não tem muito trabalho na área sendo este o seu último filme até à data atual. A produção deste filme ficou a cargo da Summit Entertainment e da Icon Productions. A primeira dispensa apresentação, tendo sido adquirida em 2012 pela Lionsgate e tem um catálogo muito interessante de filmes, como a saga American Pie ou a trilogia mais recente de John Wick. Já a Icon Productions é uma equipa inglesa com vários filmes famosos na sua biblioteca, onde estão nomes como o recente Hacksaw Ridge.

Em Push – Os Poderosos contamos com Chris Evans, atualmente mais conhecido por interpretar o famoso Capitão América em vários filmes do Universo Cinematográfico da Marvel, mas que também entra em filmes como Scott Pilgrim vs. the World (Scott Pilgrim Contra o Mundo), no fantástico Snowpiercer (Expresso do Amanhã), mas onde começou a ganhar realmente fama foi como a Tocha Humana em Fantastic Four (Quarteto Fantástico). A par com o protagonista, temos Dakota Fanning que começou muito nova o seu trabalho de atriz, mas já tem um conjunto de grandes filmes tais como War of the Worlds (Guerra dos Mundos), The Cat in the Hat (O Gato), ou até uma participação no mais recente Once Upon a Time in Hollywood (Era Uma Vez em… Hollywood). Estão ainda presentes nomes como Camilla BelleCliff Curtis e ainda Djimon Hounsou.

Este é um filme que leva os super poderes para um lado teoricamente real, apresentando mesmo ideias que realmente aconteceram entre os anos 40 e 90 nos Estados Unidos, Alemanha Nazi e União Soviética, de forma a criar uma premissa interessante para todos os acontecimentos do filme. Contudo, este foi um filme que não criou grandes expectativas e acabou mesmo por se tornar no sucesso mínimo, que mal deu para pagar as contas. Uma produção com um financiamento baixo para os padrões de 2009, mas que ficou perto dos 10 milhões de ganhos em relação aos gastos.

Não vou mentir, este é um daqueles estilos de filmes que gosto de ver de vez em quando, mesmo não sendo muito bom. Contudo, julgo ter sido a primeira vez que explorei o DVD e descobri realmente as ideias por trás deste filme e posso dizer-vos que me deixou realmente curioso, pois era algo que nunca tinha pensado. Ver que grandes potências mundiais, um dia já exploraram o que todos nós olhamos como sobrenatural e impossível de acontecer e o mais louco é que cada poder utilizado neste filme é baseado em estudos reais, apesar de extremamente exagerados aqui. Este não é um filme de super-heróis, mas sim de poderes sobre-humanos.

E vocês? O que me dizem de Push – Os Poderosos?

Capa
Push - Os Poderosos
Push
Realização
Estreia 17 de Setembro de 2009 Duração 01H51M (111 min)
Distribuidor
Eduardo Rodrigues
Escrito por: Eduardo Rodrigues

Considero-me um geek da cabeça aos pés. Adoro uma boa leitura, apreciar a arte da BD e da Manga, ver de uma assentada aquela série ou anime incrível, ir ao cinema e devorar um filme e deliciar-me com uma aventura interativa nos videojogos e nos jogos de tabuleiro. Sou um adepto da mágica Briosa e um assistente fervoroso no estádio.