Star Wars: Os Últimos Jedi

Os Últimos Jedi é o subtítulo do novo episódio da saga Star Wars. Contamos agora com uma continuação direta do episódio anterior. Continuamos com a presença de Daisy Ridley como Rey, temos também Adam Driver como Kylo Ren, John Boyega no seu papel de Finn e ainda Oscar Isaac como Poe. Juntam-se ainda alguns nomes ao elenco e como sempre neste universo, nomes um pouco menos conhecidos destas andanças, como por exemplo Kelly Marie Tran e até Laura Dern, protagonizando dois belos papéis.
O terceiro filme produzido com o tratamento Disney já está disponível para todos verem e podem aproveitar porque mais uma vez a produção está fantástica. A qualidade de efeitos especiais e de realização estão muito boas e podem ter a certeza que Rian Johnson, que por acaso irá criar a nova trilogia Star Wars fora do universo Skywalker, fez aqui um belo trabalho e com certeza está cá para se manter.
Por aqui, achei que o filme recicla alguns dos momentos mais interessantes da antiga trilogia. Pega em vários momentos icónicos e dá um toque novo, criando ambientes e surpresas no meio de tantos momentos que começamos a ficar à espera conforme o filme avança. A história de Rey está cada vez mais confusa e estranha. Arrisco mesmo a dizer que há alguns momentos em que a história parece baralhar-se um pouco e esquecer qual o verdadeiro propósito. Há vários momentos em que penso que ainda falta tanto para explicar, mas depois há outros pontos em que fico a pensar que nem eles sabem o que ainda falta ou não esclarecer.
Mas nem tudo é assim confuso. Os efeitos especiais, aliás o valor de produção em geral neste filme é elevadíssimo e está todo tão bem feito. A comédia, que antes estava quase na totalidade a cargo de BB-8, agora aliam-se os pequenos e estranhos Porgs – apenas mais uma forma de vender merchandising – que têm vários momentos divertidos ao longo da película, principalmente depois de se juntarem a Chewbacca. As batalhas espaciais estão cada vez mais incríveis e as naves cada vez mais loucas.
Apesar de alguns problemas que o colocam abaixo dos anteriores – mais recentes – este filme é uma bonita homenagem à trilogia original e a Carrie Fisher. Todos os momentos em que a atriz surge o filme ganha outro brilho. Cenas muito bem captadas e impressionantes, com uma enorme carga emocional. Star Wars: Os Últimos Jedi é um filme que merece a sua visualização no cinema e com toda a certeza irá agradar a muita gente. As críticas têm sido duras e dentro dos moldes – ou se gosta ou se detesta – por isso por aqui posso dizer que gostei e daí a minha nota. Digam-me vocês se gostaram ou não desta nova entrada!
Capa
5
Star Wars: The Last Jedi
Assim Assim
Realização
Estreia 14 de dezembro de 2017 Duração 152 minutos
Distribuidor
Eduardo Rodrigues
Escrito por: Eduardo Rodrigues

Considero-me um geek da cabeça aos pés. Adoro uma boa leitura, apreciar a arte da BD e da Manga, ver de uma assentada aquela série ou anime incrível, ir ao cinema e devorar um filme e deliciar-me com uma aventura interativa nos videojogos e nos jogos de tabuleiro. Sou um adepto da mágica Briosa e um assistente fervoroso no estádio.