Iberanime Porto: Os jogos deste ano!

Direto do Iberanime e uma palavra a dizer, estrondoso! O sábado foi um dia muito difícil para mim somente porque está muita gente! Não consegui jogar nada, excepto flippers! O que é brutal!!!

No meio de tanto sucesso tenho de falar das duas novidades aqui presentes neste evento. Duas menos recentes, remasterizados e, uma nova.
Concrete Genie para a PS4 apresenta-se como uma novidade refrescante. Num meio urbano junta a fantasia de um menino que consegue trazer a magia de um jogo que pode agarrar todas as idades! Pelo que eu já tinha lido e visto sobre o jogo, este menino vive rodeado de poluição e tem uns rufiões que lhe dão cabo do juízo, mas com a sua criatividade e com magia (que ainda não entendi bem como mas não gosto de spoilers!) tem por missão dar vida a esta cidade. Com os seus poderes cria uns monstrozinhos que ganham vida nas paredes e o ajudam. Ao ver o jogo, notei que tem alguns puzzles, não sabendo se terá a mesma coerência em todas as zonas da cidade onde anda. Também pude ver que este menino consegue subir pelas casas para escapar aos meninos maus, um autêntico ninja! Quanto à pintura, marcamos a parede que queremos pintar e temos à escolha vários temas, dos quais poderemos usar para dar azo à criatividade. O controlo para pintar é pelo sensor do comando da consola. Pelas pessoas que vi jogar achei que não era muito intuitivo, e pela grande variedade de escolha exige algum tempo para se ambientar, mas decerto é muitíssimo interessante!
Agora, Medievil! A PS4 continua a buscar grandes sucessos de infância para chamar novo público, neste caso, aqui este geek com nove anos mais vinte em cima. Se bem me lembro, este esqueleto herói que tem por missão salvar o reino de um mago muito mau chamado Zarok, que com a sua magia ressuscitou os mortos (e o nosso herói) numa batalha pelo reino. Num jogo de bater o dedo grande nos botões contra os inimigos, vamos resolvendo puzzles, passando labirintos, matando os demónios arrancando o nosso bracinho, de espada e de besta! O terrível esqueleto da noite! Jogabilidade fantástica, intuitiva e grafismo tremendo. Escrevi o mesmo do Spyro o ano passado e digo o mesmo neste, fiquei maravilhado a opção para se jogar em família! Obrigado Sony Playstation!

Crash Team Racing, aqui não sei o que dizer. Este jogo vem na linha de muitos outros que foram lançados ao longo do tempo como Mario Kart, Sonic Racing, e para quem me possa perceber, tudo estilo «Corridas Malucas»! Para os fãs de Crash Bandicoot, este jogo vem na sequência do Revival que a Sony está a fazer. De novo, jogabilidade intuitiva, grafismo brilhante e irrepreensível. Escolhendo o nosso corredor, vamos correndo por vários mundos e derrotando um Boss final. O título tem vários collectibles e modos de jogo, para explorar e divertirem-se!

Este ano também pudemos contar com a Nostalgica, o primeiro museu de jogos em Portugal! Com várias máquinas de Arcada espalhadas e de Flippers fiquem maravilhado. Ao longe ainda vi um pessoal a jogar Metal Slug e King of Fighters, mas eu fui para os Flippers! Apesar do meu desespero para jogar e não ficar só a ver, aqui tive uma oportunidade de testar os meus skills versus idade e artrite que me possam começar a afectar. Na mansão da Família Adams lá fiz o gosto à bola e provei que não é só com os pés e num relvado que se fazem obras de arte! O jeito ainda continua para jogar neste tipo de máquinas.

Muito nos espera neste mundo em Matosinhos, que uma vez por ano nos presenteia com um fim-de-semana dedicado a nós, Geeks!

Um abraço a todos!
Armando Mateus
Escrito por: Armando Mateus

Tudo se resume a uma simples forma de estar, uma boa e velha sessão de jogos! Explicar todo um conjunto de experiências passadas com a família, os amigos e simples estranhos, nas situações mais casuais como as mais caricatas para constatar a mais óbvia conclusão: Tudo é mais que um Jogo!