Ticket to Ride Londres

O Ticket to Ride foi lançado originalmente em 2004. É um jogo de tabuleiro onde cada jogador colecta e joga cartas de comboios correspondentes para reivindicar os caminhos de ferro que conectam cidades na América do Norte. É um jogo elegante e fácil de ensinar e aprender. E há conteúdo suficiente para agradar a maioria dos jogadores mais exigentes.

O jogo ganhou o cobiçado Spiel des Jahres, o ambicionado prémio de melhor jogo de tabuleiro do ano em 2004 e foram vendidas mais de 3 milhões de cópias.
Foram lançadas outras versões de Ticket to Ride ao longos dos anos, tais como: Ticket to Ride Europa, Ticket to Ride: Nova York, Ticket to Ride: Londres, entre outros.
Ticket to Ride: Londres é uma aventura em que os jogadores competem entre si para reivindicar os vários caminhos de autocarros que conectam as várias zonas de Londres. Quanto mais longas foram as rotas, mais pontos o jogador ganha. Para construir essas rotas, é necessário coleccionar cartas de várias cores, que nos vão permitir alcançar os vários objectivos. Além das cartas de autocarros, que permitem construir os diversos caminhos, temos as cartas de objectivos.

Em relação ao que podemos fazer no nosso turno. Apenas podemos fazer uma de quatro coisas: 1) coleccionámos cartas de transporte; 2) construímos um caminho – e apenas um; 3) vamos buscar cartas de objetivo. Temos de ir gerindo muito bem as nossas construções para que no final tenhamos todas as cartas de objetivo completas, senão estas irão subtrair nos nossos pontos finais. Todo o jogo gira em torno disto e temos de fazer o maior número de pontos a partir das nossas construções.

A grande novidade de Ticket to Ride: Londres é apresentar zonas, que são representados no mapa por números entre cada rota. Se o jogador conectar estes números com os seus autocarros, vai marcar imediatamente pontos igual ao número da zona.

Ticket to Ride: Londres é uma versão menor e mais simples do seu original. Este  pode ser jogado em cerca de 10 a 15 minutos e pode ser jogado até 4 jogadores. O Ticket to Ride original leva de 30 a 60 minutos para jogar.

Fazendo uma comparação com Ticket to Ride Europa, porque é a única versão que o Café Mais Geek já jogou, estas são as diferenças entre Ticket to Ride: Londres e Ticket to Ride Europa:
  • Londres usa autocarros em vez de comboios;
  • Não há estações, ferries nem túneis;
  • Não há bilhetes de destinos longos;
  • Não há pontos bónus para a rota mais longa;
  • Londres apresenta distritos, que ganham pontos se o jogador conectar diferentes áreas do tabuleiro,
  • O tabuleiro de jogo é muito menor, a caixa e os cartões também são mais pequenos;
  • A condição final do jogo é a mesma, restando dois ou menos autocarros, mas existem apenas 17 por jogador, contra os 45 comboios na Europa, portanto, o menor tempo de jogo!
Ticket to Ride: Londres promete um jogo familiar, mas num terço do tempo. Tenho que dizer que desfrutei da velocidade do jogo, em pouco tempo estamos nas rodadas finais, tensos, a tentar completar o nosso último bilhete de destino ou a tentar marcar uns pontos extras numa rota qualquer, mantendo o olho nos autocarros de cada jogador para tentar perceber quando é que o jogo terminará.

Mas com esta pressa, perde-se muitas das complexidades que tornam o original o grande jogo que ele é. Há muito pouco em que pensar e muito menos estratégia necessária em Ticket to Ride: Londres. Torna-se uma corrida contra o relógio mais do que uma corrida um contra o outro. Porém, isso não é necessariamente experiência negativa e dependerá inteiramente da experiência com os jogos originais.

Não há como negar que se esmeraram no tema londrino dos anos 1970, com várias referências espalhadas por todo o tabuleiro e a encantadora arte nos cartões de Transporte, tais como Austin Powers, James Bond, Beatles, entre outros. Os autocarros de plástico apresentam uma mudança bem-vinda em comparação aos habituais comboios. Todo o resto tem o mesmo padrão que se esperaria de um jogo Ticket to Ride, embora tudo num tamanho mais pequeno.

Embora o Ticket to Ride: Londres possa não ter sumo suficiente para todos os jogadores, é tão curto e fácil de jogar que é bastante viciante. Ticket to Ride: Londres pode ser um ótimo ponto de partida para apresentar aos amigos para embarcarem no mundo dos jogos de tabuleiro.

Capa
7.5
Jogadores 2-4 Duração 10-15 min Idade 8+
Distribuição por Lançado em 2019
  • Tema de Londres da década de 1970
  • Componentes de alta qualidade
  • Fácil de ensinar/aprender
  • Pode ser demasiado simples para alguns jogadores
  • O facto de ser um jogo rápido perde alguma complexidade dos jogos originais
Cristiana Ramos
Escrito por: Cristiana Ramos

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e viagens. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).