Anda por aí um “Intruso” e vocês têm que o descobrir!

Intruso foi eleito Livro do Ano pelas seguintes publicações: Time, New York Times e Washington Post. Além disso, foi uma das obras mais elogiadas pela crítica aquando da sua publicação, tendo sido o vencedor do prémio Crime Fiction Book of the Year (Irish Book Awards), finalista de Goodreads Best Books Crime Thriller of 2016 e nomeado para o CWA Dagger in the Library and Gold Dagger 2017.

Trata-se, efetivamente, de um livro denso psicologicamente de uma das mais importantes autoras de policiais da atualidade: Tana French.

Na trama, uma jovem é morta em casa. Não há sinal de arrombamento e a mesa está posta para um jantar romântico. As pistas apontam para mais um caso de violência doméstica. Mas algo não bate certo. Um dos detetives reconhece aquela rapariga e o instinto diz-lhes que há algo mais por trás daquele crime.

Só que a Brigada de Homicídios de Dublin não gosta da detetive Antoinette Conway e, apartada na esquadra, o seu único apoio é o colega, o detetive Stephen Moran.

Quando este suposto caso de violência doméstica chega até aos dois, não parece haver dúvidas: uma discussão conjugal acabou da pior forma. A vítima encaixa no perfil e a solução aparenta ser óbvia. Mas Conway já viu aquela rapariga antes e os detetives acreditam que algo de mais obscuro se esconde por trás do homicídio. Estarão a ver coisas onde não existem?

Porém, ao investigar a vida da vítima, o quadro ganha contornos mais sinistros. Entretanto Conway e Stephen são pressionados pelos colegas para pararem de fazer perguntas e desconfiam que estão a ser manipulados.

Cristiana Ramos
Escrito por: Cristiana Ramos

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e viagens. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).