Queres um livro para vos acompanhar na praia? Espreitas as novidades da Porto Editora

Duas famílias em tudo diferentes, um amor que começou a germinar na infância. Eis os pilares do novo livro de Deborah Smith. Em O Teu Nome É Uma Promessa, a autora bestseller leva-nos até uma propriedade no Sul da América para contar a história de um amor que, marcado por uma enorme tragédia familiar, procura vingar, mostrando que, em vez de combater o que sentimos, há que combater pelo que sentimos. O livro já se encontra disponível!

Dez anos depois da publicação do bestseller Um erro inocente, as Meninas do Gelado já se encontram disponíveis na livraria para contar o arrebatador desenlace da sua história em Vidas Adiadas, o mais recente livro da britânica Dorothy Koomson.

Passaram-se dez anos desde que Serena e Poppy, as Meninas do Gelado, se reencontraram, depois de a última ter saído em liberdade condicional, por algo que jura não ter cometido. Ambas conseguiram reconstruir as suas vidas, sob o peso de um crime infame. Não são vidas perfeitas, mas vivem: têm filhos e empregos de que se orgulham e relações amorosas felizes.

Ainda assim, o crime, tão longe no tempo, continua a ser uma pedra no caminho de todos. E só a descoberta da verdade – e as consequências que daí advêm – poderá libertar estas duas famílias do erro inocente que moldou as suas vidas.

Em 2006, a Porto Editora deu a conhecer A filha da minha melhor amiga, um sucesso que vai já na 20.ª edição, e desde então que Dorothy Koomson tem sido um nome incontornável para os leitores portugueses. O sucesso no nosso país é parte do prestígio internacional desta autora, que conta com mais de 2 milhões de exemplares de livros vendidos em todo o mundo, com edições em 30 línguas. Recentemente foi anunciado que Conta-me o teu segredo, romance publicado em 2018, irá ser alvo de uma adaptação cinematográfica.

A descoberta de uma doença terminal conduz Jennifer Cole a uma reflexão sobre a vida, que a ajuda a decidir o que fazer nos 90 dias que lhe restam. Concentrando-se nos aspetos positivos – não continuará a ter de viver num mundo sem Bowie ou Maya Angelou, nem sofrerá de Alzheimer ou Parkinson como os pais –, percebe que apenas se arrepende das relações que perdeu. Assim, em vez de cumprir uma lista de sonhos por realizar, decide escrever uma carta às três pessoas mais importantes da sua vida, revelando tudo aquilo que guardou para si ao longo dos anos. As respostas e as surpresas não tardam a aparecer.

A morte e outros finais felizes é uma celebração da vida e do poder do amor e da amizade sobre a perda. Para Melanie Cantor, a mensagem principal resume-se numa frase atribuída ao Papa Paulo VI: “Alguém deveria dizer-nos, no início das nossas vidas, que vamos morrer. Então, talvez as vivêssemos até ao limite, a cada minuto de cada dia! Faz!, digo eu. O que quer que desejes fazer, faz agora”.

Com um registo bem-humorado, muito visual e em que os diálogos assumem especial importância, a autora quis criar uma história o mais realista possível, que permita aos leitores vivê-la lado a lado com as personagens.

Cristiana Ramos
Escrito por: Cristiana Ramos

Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e viagens. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).