Who Made Me a Princess

Antes de começar a dar uma pequena descrição desta webtoon ainda em desenvolvimento da autoria de Plutus e Spoon, deixa-me salientar que a ilustração é absolutamente fantástica! As cores usadas e o design do ambiente e das personagens estão perfeitos e ajudam a tornar a história mais “real”.
Agora voltando ao meu formato habitual:
Who Made Me a Princess começa com uma história de embalar sobre a bela princesa Athanasia, que foi morta às mãos do seu próprio pai, o frio imperador Claude de Alger Obelia. Mas aí está, é apenas uma tola história de embalar… até que uma mulher acorda subitamente na pele desta infeliz princesa! Ela necessita de um plano para sobreviver ao seu sombrio destino. Será que ela seguirá o seu Plano A, onde vive o mais discretamente possível de modo a não chamar a atenção do imperador? Seguirá o Plano B, onde colecciona o máximo de dinheiro possível para poder fugir do palácio? Ou será que escolherá o Plano C, onde dá o máximo de graxa possível ao seu pai de modo a cair nas suas boas graças?
Com muita magia, misticismo e uma pitada de humor e drama, esta é uma leitura fantástica. A ilustração fenomenal é apenas um dos imensos pontos positivos desta webtoon! Aguardo sempre ansiosa pelo seu próximo capítulo e quando acabo de o ler só quero mais! Admito que tento até procurar spoilers! Só isso demonstra o quanto adoro Who Made Me a Princess.
Recomendo vivamente esta história, nem que seja só para admirar a ilustração da princesa Athanasia e do seu pai.
Capa
Criado por ,
Data de Lançamento 2018
Distribuição por
Cristina Gomes
Escrito por: Cristina Gomes

Serrana americana nascida nos anos 90, doida por mangas, manhuas, webtoons e tudo o que seja desse género... Cosplayer artesã de coisas em cabedal e adepta de noites de cinema ou sessões de "binge watching" de séries no sofá (desde que tenha pipocas).