PlayStation 5
6Souls – Desvenda os segredos do castelo dos Clifford
Publicado a 23 Dez, 2021

No início do mês, a Ratalaika Games lançou o jogo 6Souls para Nintendo Switch, PS4, PS5, Xbox One, Xbox One, Xbox Series X e Steam PC. Desenvolvido por BUG-Studio, 6Souls é um jogo de plataformas 2D com níveis desafiadores com design e estética de inspiração retro.

6Souls começa quando Jack e o seu fiel cão Butch saem para caçar tesouros no Castelo de Clifford. Logo após chegarem, os dois percebem que algo sinistro está a acontecer, ao descobrirem que todos os membros da família Clifford tiveram as suas almas presas por um misterioso mago encapuzado chamado Zelrot Grim.

Uma história interessante e original

A história de 6Souls é apresentada de uma forma interessante e original, com eventos que se entrelaçam. O jogo apresenta 10 capítulos principais com mais de 80 níveis no modo de jogo normal, mais de 120 níveis no modo difícil e bosses. Esta apresentação divertida oferece muitas surpresas ocultas que aprofundam a história.

Conforme avançamos pelas diferentes áreas do castelo de Clifford, temos que superar uma série de armadilhas, perigos e inimigos. A lista de inimigos não é muito inspirada, principalmente típica de jogos baseados em fantasia: morcegos, slimes, esqueletos, plantas-piranha ao estilo Mario, goblins, livros e aranhas de muitos tipos. Acontece que a maioria desses inimigos não representa uma grande ameaça para a progressão do jogo, pelo menos em comparação com as outras armadilhas e perigos de plataforma. Podemos atravessar a maioria dos níveis saltando ou passando por eles. Todo o esforço que se pode colocar para aprender a bloquear ou ataques bem temporizados não é um tempo bem gasto.

Os bosses, porém, são outra história. Destes bosses incluem um slime gigante, o “King Goblin”, Monster Book, um lobisomem, o Ghost Knight e, finalmente, o malvado Zelrot Grim. Essas batalhas exigirão muito mais esforço para acertar uns bons golpes e a melhor chance de sucesso é esperar pacientemente pela melhor oportunidade e não forçar um ataque. Afinal, só temos três vidas e não há como recuperar a saúde até que se passe para a próxima fase.

A primeira hora de jogo foi bastante agradável, mas pouco depois disso o jogo tornou-se um pouco repetitivo. Quando se resgata uma alma e se desbloqueia uma nova habilidade, há um entusiasmo inicial em usar essa habilidade conforme se avança. No entanto, isso passa rápido quando as salas que se seguem são basicamente o mesmo quebra-cabeça de movimentos, mas em várias formas ou formas diferentes.

Graficamente, 6Souls tem um visual retro que, dependendo do seu gosto, ou gostamos ou nos cansamos. Jack tem animações suaves. Embora os níveis não sejam extremamente detalhados, cada um tem uma aparência única e, geralmente, é fácil ver os perigos, o que é o mais importante. Do lado do som, a música combina bem com a ação e nunca fica muito aborrecida. Todos os efeitos sonoros funcionam bem, também.

Uma platina fácil

A Ratalaika Games já é bem conhecida por publicar jogos com fácil acesso ao troféu de platina. Eu próprio, neste último ano, na minha luta de conquistar mais troféus de platina, devo ter sido dos melhores clientes da Ratalaika.

Conquistar o troféu de platina de 6Souls não é tão fácil como outros jogos da mesma distribuidora (e.g. Jack N’ Jill DX, Blind Men ou Nicole), mas está ao nível de Foxyland e Gravity Duck. Ou seja, conseguimos conquistar a platina em menos de uma hora e quanto mais skill e compreensão tivermos do jogo, mais fácil e rápida é. Pessoalmente, demorei 49 minutos na primeira vez (versão PS5) mas apenas 30 minutos ao jogar uma segunda vez (versão PS4).

6Souls
6Souls
Satisfatório
Distribuição:
Estúdio:
Lançamento: 3 de Dezembro de 2021
6
  • Positivo
  • Visuais retro clean
  • Platina fácil
  • Negativo
  • Jogo repetitivo
Escrito por:
André Pinto
Data scientist de dia, gamer e cinéfilo à noite, geek a tempo inteiro. Desde muito novo que a minha mãe me dizia "Não percas tempo a ver séries e a jogar esses joguinhos"... Well look at me now, mom! De todas as pancas que tenho Star Wars, Harry Potter e Doctor Who são as maiores de todas. Quem quiser combinar uma ida ao cinema, estou por Lisboa. Allons-y!