PC/MAC
The Sims 4: Cottage Living – Vive a tua melhor vida no campo
Publicado a 27 Ago, 2021

A agricultura está à tua espera (e as galinhas também!)

A franquia The Sims consegue ser algo excecionalmente brilhante. Ao criarmos os nossos Sims e vivermos a vida deles, o jogo permite que possamos repetir as mesmas vidas indefinidamente ou então inventar uma existência que nada tenha haver connosco e deixar a imaginação voar.

Na minha experiência com esta franquia, comecei a jogar The Sims 2 na segunda geração, tendo acompanhado o jogo no terceiro e no quarto título. Confesso que The Sims 4 foi o que explorei menos até agora, mas com a oportunidade de jogar o pacote de expansão The Sims 4: Cottage Living, libertei a agricultora que há em mim!

Como o título sugere, o novo pacote de expansão visa trazer alguns dos aspetos mais reconhecíveis da vida no campo para o popular simulador de vida da EA, desde roupas, mobílias, plantas e até animais.

Henford-on-Bagley – Um mundo maravilhoso

Uma das maiores atrações deste pacote é inegavelmente a sua localização, o novo mundo jogável de Henford-on-Bagley. Uma vila rural bastante pitoresca, que está completa com todos os itens básicos que poderias esperar de uma típica cidade inglesa, com fileiras de chalés com telhados de palha em torno de uma vila verde aconchegante, boutiques, correios e pubs movimentados. Quase que já dá vontade de fazer as malas e mudar-nos para lá!

A vila tem um jardim que é o local da Feira semanal, onde os Sims da vizinhança trazem os seus melhores produtos ou animais para competir. A feira tem uma categoria de produtos diferente a cada semana. Estas competições em toda a cidade são uma adição maravilhosa ao jogo, embora um pouco confusas no início. Também podes ser uma espécie de “moço dos recados”, onde vais realizar várias tarefas para os residentes da vila em troca de recompensas. Estas tarefas darão te um objetivo para trabalhar. No entanto, nem sempre são diretas, e podem acabar por se tornar numa tarefa árdua.

As áreas verdes da cidade também são povoadas por animais como raposas e coelhos. Podemos construir relacionamentos com eles, brincando, conversando ou a cantar para eles no caso dos pássaros (Branca de Neve, és tu?). Estas ações vão desbloquear atividade especiais e únicas, inclusive contribuir para o progresso de uma nova aspiração de vida de “Zelador do Campo”, que serve como uma maneira divertida de recompensar os jogadores por explorar os novos recursos do pacote.

Prepara-te para seres o melhor agricultor numa casa rural inglesa

Outra adição importante, e muito solicitada nos últimos tempos, é a agricultura. Os jogadores podem comprar novos pedaços de terra cultiváveis ​​ou caixas de cultivo no modo de construção, no qual podem plantar uma variedade de sementes diferentes, que darão frutas ou vegetais consumíveis. Também existem celeiros para vacas ou lamas e galinheiros que permitem a colheita de leite, peles e ovos, respetivamente. Todos os seus animais devem ser mantidos limpos, felizes e bem alimentados por meio de interações frequentes. Se por acaso não lhes deres a devida atenção, corres o risco de ficares sem eles.

Uma interação engraçada com os animais é que podes alimentá-los com variadas guloseimas que poderás fabricar ou comprar na Mercearia de Finchwick. Estas guloseimas irão resultar em produtos únicos e especiais, que poderás usar ou vender. Dá às galinhas uma guloseima de ouro e elas se transformarão numa galinha dourada (e são mais propensas a botar ovos de ouro!) ou alimenta as vacas com uma guloseima vegetariana e elas produzirão leite à base de plantas.

Embora seja inegavelmente satisfatório criar a tua primeira refeição inteiramente do zero, a necessidade constante de manutenção, especialmente quando comparada à facilidade de apenas pedir ingredientes online, torna a parte da agricultura um pouco saturante. Outro aspeto negativo é a ausência de uma carreira na área de agricultura. Embora seja possível ganhar um pouco de dinheiro com a fazenda, o esforço impregnado não compensa financeiramente.

Os novos itens do modo de construção, no entanto, provaram ser adições muito mais duradouras. Os novos elementos de arquitetura com inspiração inglesa, como janelas de chalés, chaminés e vigas de madeira no teto são objetos que serão usados e re-usados. Os novos aparelhos e objetos incluídos também são bem modelados, cada um com as suas próprias inspirações rústicas e parecem consistentemente fantásticos nos novos lotes. Da mesma forma, as roupas e estilos de cabelo do campo que o pacote traz preenchem um nicho muito necessário no catálogo de roupas.

Cuidado com os bugs (e não são insetos…)

O maior problema deste pacote de expansão são os bugs. Cottage Living é charmoso, colorido e envolvente, mas este pode ser um dos pacotes de expansão mais complicados e bugados dos últimos tempos. A Maxis notificou os jogadores que estão a trabalhar em correções e patches, por isso esperamos que este aspeto seja uma questão de tempo.

No que diz respeito aos pacotes de expansão Sims, o The Sims 4 Cottage Living é uma adição sólida. As novas plantas e animais são brilhantemente realizados, tanto esteticamente quanto como sistemas para enriquecer o jogo. Agora podes dedicar-te a 100% a uma vida rural na charmosa cidade de Henford, ou gradativamente ao lado de residências existentes em outras comunidades.

Se adoras a aparência rural inglesa, e queres fazer um papel de fazendeiro sofisticado ou simplesmente ter um lama no teu quintal, não ficarás desapontado.

Esta análise foi possível com o apoio da EA/PlayNext!
The Sims 4: Cottage Living
Bom
Distribuição:
Estúdio:
Plataformas:
Lançamento: 22 de Julho de 2021
7.5
  • Positivo
  • Novo mapa
  • Novos itens de construção
  • Roupas novas
  • Negativo
  • A agricultura perde a novidade bastante rápido
  • Alguns problemas de otimização
  • Bugs frequentes
Escrito por:
Cristiana Ramos
Dividida entre o mundo da Ciência e o mundo Geek. Viciada em livros e viagens. Espectadora assídua no cinema, especialmente se aparecer um certo Deus com cabelos loiros. Adora filmes de terror. Louca por cães, mas eles são tão fofos! Romântica incurável (apesar de não admitir).