CARETO é nacional e altamente cultural

Recebemos por aqui uma novidade que nos deixou algo intrigados por vários motivos. Os Caretos são parte da cultura transmontana e apesar de estar longe daquilo que por Coimbra se conhece, achamos especialmente interessante que em 2020 dois lados bem distintos do entretenimento tenham agarrado nesta cultura. Teremos um jogo de tabuleiro e agora um videojogo lançado pela MA Studios. Este one-girl studio está a preparar este jogo de plataformas 2D carregado de puzzles desafiantes para as plataformas mobile, sendo que o objetivo de levar este título até à PlayStation 4 e Nintendo Switch também existe. Deixo-vos com algumas características mais interessantes deste título.

  • Cultura Portuguesa: Um dos maiores interesses das pessoas de Podence é passar esta tradição de geração em geração e preservar os Caretos. Neste sentido, hoje em dia, os rapazes e raparigas da aldeia mascaram-se de Facanito (nome oficial de um Careto criança) para aprenderem sobre a tradição que dá identidade a esta aldeia.
  • Manter a tradição viva: Nos últimos 30 anos Podence não deixou morrer uma tradição que havia em muitas outras aldeias e o gosto é cada vez maior por vestir o fato de Careto.
  • Videojogos como forma de comunicação: Cada vez mais o Entrudo desperta a atenção de estrangeiros que marcam presença durante o Carnaval Transmontano. Desta forma, o Careto está a ser desenvolvido em Português e em Inglês para fazer chegar o Carnaval dos Caretos a todos os que o quiserem conhecer.

Neste jogo, o jogador terá de acompanhar todos os passos do ritual do Careto entre construir o fato, colecionar chocalhos, provocar as pessoas na rua e completar a grande escultura de Careto construída todos os Carnavais para a Queima do Entrudo.

Ainda em desenvolvimento, este Careto promete levar um pouco da cultura clássica do nosso país às gerações mais novas e ao mais curiosos. Apesar do pequeno país, temos muita cultura escondida por esse Portugal fora.

Fonte: Press Release
Eduardo Rodrigues
Escrito por: Eduardo Rodrigues

Considero-me um geek da cabeça aos pés. Adoro uma boa leitura, apreciar a arte da BD e da Manga, ver de uma assentada aquela série ou anime incrível, ir ao cinema e devorar um filme e deliciar-me com uma aventura interativa nos videojogos e nos jogos de tabuleiro. Sou um adepto da mágica Briosa e um assistente fervoroso no estádio.